Pernambuco realiza a maior licitação de transportes de sua história

Guararapes

Ônibus em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana de Recife. Para atender às exigências de modernização de transportes, o sistema do local vai ser reformulado por licitação. A integração dos transportes vai aumentar entre ônibus e metrô e o número de terminais vai ser ampliado de 14 para 25 equipamentos. A frota de ônibus deve ser mantida em 3 mil veículos, mas deve ser modernizada, com ar condicionado e motorização traseira ou central. Até 2014 devem ser implantados 100 quilômetros de corredores de ônibus. A licitação avaliada em R$ 15 bilhões vai dividir a Região Metropolitana de Recife em sete lotes operacionais.

Grande Recife vai fazer licitação de R$ 15 bilhões
Região Metropolitana vai ser dividida em sete áreas de atuação. Serão licitadas 385 linhas
ADAMO BAZANI – CBN

O Governo do Estado de Pernambuco deve publicar no dia 07 de maio deste ano o edital da maior licitação de transportes da história do local.
O valor da licitação é estimado em R$ 15 bilhões e envolve 385 linhas que fazem parte do sistema de ônibus que atende à Região Metropolitana de Recife.
O poder público promete uma série de inovações para deixar os serviços mais adequados à atual realidade da população da Grande Recife e aumentar o conforto e a eficiência dos ônibus. O período de concessão é de 15 anos prorrogáveis por mais cinco anos. Acompanhe algumas alterações:

– DIVISÃO EM LOTES OPERACIONAIS:

Poderão participar da licitação empresas nacionais, estrangeiras e consórcios de empresas. O sistema da Região Metropolitana de Recife será divido em sete lotes. O objetivo é diminuir a concentração de mercado, organizar a operação e evitar sobreposições e ineficiência operacional de algumas linhas em detrimento da falta de serviços em outras regiões. As empresas ou consórcios interessados poderão disputar todos os sete lotes, mas só devem assumir um lote cada. Se por acaso, determinada empresa ganhar mais de um lote, ela fica com a que foi a de melhor proposta e no outro lote do qual ela foi eliminada assume a operação a segunda colocada. Caso necessário, pode haver uma outra disputa para determinado lote.
Cada lote terá entre 251 e 510 ônibus.

– CORREDORES DE ÔNIBUS:

Por conta das ações de melhoria para a mobilidade urbana até 2014, Recife e a Região Metropolitana vão contar com cerca de 100 quilômetros de corredores para ônibus. A licitação já prevê empresas que sejam capacitadas em operar em corredor exigindo uma frota mais moderna, confortável, acessível e, preferencialmente, com motorização traseira ou central.

– FROTA:

Hoje a frota da Região Metropolitana de Recife é formada por cerca de 3 mil ônibus. O objetivo é manter este número de veículos e ao mesmo tempo aumentar a oferta de serviços. Isso será possível pela redistribuição de algumas linhas, modernização de trajetos e principalmente pelos corredores de ônibus. Nos corredores, os ônibus não ficam presos no trânsito convencional. Assim, a mesma quantidade de veículos pode fazer mais viagens e atender a um número maior de pessoas. Em vez de ser necessário usar uma quantidade maior de ônibus pelo fato de as viagens serem demoradas e os intervalos terem de ser cumpridos de toda a forma, em corredores, com viagens mais rápidas, um número menor de veículos consegue cumprir estes intervalos.
Além da preferência para ônibus com motor traseiro ou central, em alguns serviços também será obrigatório o uso de veículos de transporte coletivo com ar condicionado. Inicialmente serão 900 ônibus que servem os terminais de integração. A implementação destes ônibus será feira até junho de 2014. Em sete anos, todos os ônibus do sistema terão de contar com ar condicionado.

INTEGRAÇÃO:

A licitação prevê uma rede integrada de transportes. As conexões com o metrô devem ser ampliadas, segundo o Governo do Estado.
O número de terminais de integração entre os ônibus deve ser ampliado de 14 para 25 equipamentos públicos.

Atualmente 18 empresas de ônibus operam cerca de 3 mil veículos que atendem só nos serviços da Região Metropolitana 2,1 milhões de passageiros.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: