Pesquisa revela que ônibus em corredor têm melhor avaliação

Corredor São Mateus - Jabaquara

ÔNIBUS E TRÓLEBUS DO CORREDOR ABD, OPERADO PELA METRA. SISTEMA TEVE MELHOR AVALIAÇÃO QUE O METRÔ E É OP TIPO DE SERVIÇO MAIS APROVADO EM TODA A GRANDE SÃO PAULO, DE ACORDO COM PESQUISA DA ANTP.ÔNIBUS EM CORREDORES EXCLUSVOS SÃO AVALIADOS DE FORMA MAIS POSITIVA QUE ÔNIBUS QUE NÃO POSSUEM PREFERÊNCIA NO TRÂNSITO. Foto: Adamo Bazani

Ônibus são melhores avaliados em corredor exclusivo. Corredor ABD teve melhor avaliação que Metrô, que também foi aprovado pela população
Levantamento da ANTP mostra que população quer melhorias nos transportes. Impressão em relação aos ônibus convencionais piorou
ADAMO BAZANI – CBN
Os passageiros de transportes públicos da Grande São Paulo já têm a consciência da necessidade da ampliação de corredores exclusivos de ônibus.
É um dos aspectos revelados pela pesquisa da ANTP – Associação Nacional dos Transportes Públicos sobre a “Imagem dos Transportes na Região Metropolitana de São Paulo”.
Em geral, a percepção dos passageiros em relação aos serviços de ônibus na Capital Paulista não é positiva. Das 3 mil 160 pessoas entrevistadas, 60% avaliam os serviços como regular, ruim ou péssimo. Já 40% avaliam como bons ou ótimos.
As impressões negativas aumentaram em relação à mesma pesquisa divulgada referente a 2010, quando 41% consideravam o serviços regulares, ruins ou péssimos e 59% achavam como bons ou excelentes. Praticamente o quadro se inverteu.
Quando a avaliação dos passageiros é sobre os serviços de ônibus em corredores, a percepção em relação a qualidade dos serviços tem um cenário bem diferente e a maioria aprova os serviços de ônibus.
De acordo com a pesquisa da ANTP, 54% dos entrevistados consideram os ônibus em corredores excelentes ou bons contra 45% de ruins, regulares ou péssimos.
A explicação desta diferença de resultados se dá pelo melhor desempenho, velocidade maior e mais conforto que um sistema de corredores proporciona.
Em corredores, os ônibus não ficam presos no trânsito e por isso conseguem oferecer mais confiabilidade em relação a cumprimento de horários e trajeto total da viagem. Além disso, apesar de existir, a lotação pode ser mais facilmente revertida em ônibus de corredores pela maior flexibilidade dos horários e disponibilidade dos veículos em operação de fato. O tempo que o ônibus fica fora da garagem é melhor aproveitado, já que sem enfrentar trânsito, os veículos de transportes coletivos conseguem fazer mais viagens.
É um recado claro para os responsáveis pelas políticas de mobilidade que a priorização dos transportes, inclusive com a construção de corredores de ônibus, deixou de ser um discurso de especialistas e se tornou anseio da população.
CORREDOR ABD TEM MELHOR AVALIÇÃO QUE O METRÔ
Um exemplo de que os corredores de ônibus têm a preferência da população é o sistema operado pela Metra, o Corredor ABD, que liga São Mateus, na zona Leste da Capital Paulista, a Jabaquara, na zona Sul de São Paulo, pelos municípios de Santo André, Mauá (Terminal Sônia Maria), São Bernardo do Campo e Diadema, no ABC Paulista, com extensão entre Diadema (região do ABC) e a região do Brooklin, na zona Sul de São Paulo.
De acordo com a pesquisa realizada em 2011, 79% das pessoas aprovam os serviços da Metra, o que indica melhoria em relação ao ano de 2010, quando 70% das pessoas aprovaram os serviços dos ônibus e trolebus do ABC Paulista.
O índice é superior ao da aprovação do Metrô, que conseguiu 74% de avaliações positivas. Em relação ao ano passado, o Metrô teve uma queda na aprovação de 10%. No ano passado, o metrô teve 84% de aprovação.
O melhor índice de aprovação do metrô foi em 1999, quando 96% das pessoas consideravam o sistema ótimo ou bom.
Mesmo com a expansão do metrô, a lotação das composições, problemas operacionais e rede ainda insuficiente colaboram para a queda no índice de satisfação.
Os ônibus intermunicipais da Região Metropolitana tiveram aprovação de 51% em 2011 contra 59% no ano de 2010.
Os trens da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos também tiveram queda na avaliação positiva. Em 2011, 48% aprovaram os serviços contra 54% em 2010. Lotação e intervalo entre as composições foram as principais queixas dos passageiros.
Os ônibus municipais, fora da Capital Paulista, que incluem o ABC e outras regiões tiveram a pior avaliação entre todos os modais: apenas 36% de aprovação em 2011. Uma expressiva queda em relação a 2010, quando foram aprovados por 55% dos entrevistados.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

12 comentários em Pesquisa revela que ônibus em corredor têm melhor avaliação

  1. Bom dia.
    Transporte coletivo metropolitano é Integração.
    Muito bom saber o que os passageiros opinam positivamente sobre um meio (um modal) de transporte. É bom que seja assim! Mas nós aqui sabemos que de nada adiantará a aprovação de um meio sem a aprovação do total do sistema. E, infelizmente nós temos a consciência que se avaliações pontuais positivas são um evento FAVORÁVEL, a manutenção de um modal em percentuais positivos e crescentes (em períodos sucessivos) enquanto outros modais tem avaliação negativa e decadente, conduzirá a totalidade do sistema para baixo e não para cima. Portanto é bom comemorar avaliação positiva, mas a avaliação positiva tem que se espraiar por todo o sistema de transporte. Saudações.

  2. O ABD parece estar no momento certo para partir para o BRT. Consta que falta pouco e seria uma referência definitiva de mercado para a Metra.

    Metrô caiu, mas está agindo. Recentes postergações dos já muito longos prazos decepcionam, bem como assunção de prioridades discutíveis.

    CPTM também está agindo, e forte, mas titubeia. Perde oportunidade de se firmar como serviço de qualidade por falta de respeito aos intervalos e reação incerta aos fortes aumentos de demanda. O governo precisaria ser mais determinado, pois os muitos milhares de novos clientes recém conquistados podem perder a confiança na qualidade do serviço.

    Mais transparência, informação e interação com o usuário fariam bem aos metroferroviários. Continua a sensação que determinadas regiões super-carentes continuam não consideradas, muito menos atendidas.

    EMTU chegou ao fundo do poço, com serviço caro, ruim, insuficiente, demorado. Alckmin prometeu atender a RMSP como um todo, mas parece ter ficado só no discurso.

  3. Muito interessantes e fundamentas as opiniões dos amigos Paulo Z e Luiz Villlela, que sempre nos enriquecem e nos prestigiam com suas opiniões.
    Realmente é ótimo que um meio, como o operado pela Metra, tenha boa avaliação, o que mostra que corredores de ônibus são SIM PARTES IMPORTANTES DAS SOLUÇÕES DE MOBILIDADE.

    A queda do Metrô pode ter impacto das recentes mudanças. Por melhor que seja uma mudança, a população inicialmente tende a resistir, como integrações e baldeações. Mas depois se adapta e vê que está sendo o melhor.

    Quanto a CPTM, confesso, me surpreendeu, pois algumas linhas melhoraram bastante de um tempo para cá. Nem todas estão boas, mas lembram do sistema de trens há 15 anos?

    Agora o que foi dito pelo Paulo é fundamebntal..

    BOM QUE UM MODAL É BEM AVALIADO, MELHOR SERIA SE O SISTEMA TIVESSE APROVAÇÃO, nivelandio por cima.

    Mas como sabemos, há políticas e políticos.

    NA Metra, o gerenciamento é do Governo do Estado e a operação de uma boa empresa.
    O Metrô, Governo do Estado. Os ônibus municipais, mal avaliados, o Kassab…….

  4. Amigos
    Gostaria de saber o intervalo entre as partidas da principal linha (e qual?) da Metra nos horários de pico.
    Alguem poderia me informar?
    obrigado

  5. Jose marcos Rocha Ribeiro // 2 de Fevereiro de 2012 às 19:48 // Responder

    BRT melhor que metrô??? Daqui há uns cinco ou sete anos veremos os fatos.Desgaste, vida util,buracos, enguiços, congestionamentos e… passageiro bravo.Nada compara ao conforto do rolamento sobre trilhos.Não polui,economico,seguro, rápido, suave,moderno,não para em sinal,via direta e independente e não fura o pneu.Metrô é caro é não faze-lo.

  6. Claro que é melhor avaliada…essa pesquisa levou em consideração o número de pessoas que o sistema metroviário carrega? Levou em consideração a rapidez que se tem em relação ao ônibus? O Metrô lota pela sua eficiência…

    Agora para os que responderam que o Metrô não esta mais como antes, um convite: largue o metrô e vá de ônibus…

    • Questão crucial é congestionar o sistema na via (porque congestionar dentro do modal virou lamentável regra na RMSP).
      Meu ponto forte, num BRT REAL, é que as linhas tendendo a uma por sentido reduziriam significativamente os congestionamentos. Trem com sinalização de ponta – e manutenção em dia, o que infelizmente parece estar decaindo – não congestiona.
      Também nunca andei no Expresso Tiradentes. Pergunto, curioso: são quantas linhas/sentido? A via elevada seria a prova que corredor só funciona bem sem entra-e-sai.

  7. Concordo em partes Renato. O Metrô lota por sua eficiência ou porque a rede é pequena e concentra passageiros, havendo pouca oferta, inclusive de modais complementares?

    Deveria ter mais sistemas como do Metrô e como o da Metra, ao mesmo tempo!

    • E no que tambem acredito.
      Mas Metra tem que atingir padrão BRT e criar seguidores em Sampa. Metrô é conceito completo, por isto funciona e atrai tanto.

  8. metra emtu,bem diferente de outras empresas nao é!

  9. Adamo, sugiro que vc use sua condição dejornalista, e denuncie a medida do governo do Estado de acabra com a integração da linhas municipais da capital com as linhas intermunicipais da EMTU-METRA em São Mateus! No terminal São Mateus, desde 1991 a transferência é gratuita, mas já foram colocadas as catracas com os validadores do cartão “bom”, e quem vem dos bairros da periferia Leste q se dirige ao ABC terá que pagar pela transferência (integração)! Eu até mandei e-mail à Rádio Bandeirantes pedindo que faça uma matéria sobre o fim da integração, mas a imprensa ignora de forma nada sútil os apelos para incentivo ao transporte coletivo! Com mais essa cobrança, com certeza o transporte coletivo torna-se cada vez menos atrativo a população… por favor ajude-nos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: