AS NOTÍCIAS QUE GOSTARÍAMOS PARA 2012

2012

Ônibus rodoviário de linha interestadual. Além de melhoria na mobilidade urbana, uso de tecnologias limpas para o bem estar do cidadão, solução de casos como a Busscar, mais respeito ao dinheiro público no caso de planos para transportes, prioridade ao coletivo em vez do individual, entendimento entre ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e empresas de ônibus poderia melhorar a situação dos transportes rodoviários no País. Foto: Adamo Bazani

As notícias que queríamos publicar em 2012
Setor de mobilidade carece de muitos avanços, principalmente no tocante à vontade política e a atuação mais honesta de algumas empresas que poderiam se espelhar no exemplo de outras companhias que lucram mas sabem valorizar o ser humano

ADAMO BAZANI – CBN

Mobilidade não é só desenvolvimento econômico, mas é vida! Por trás de sistemas de transportes, não há só uma grande quantidade de recursos envolvida, movimentando a economia e dando oportunidade e acesso para os cidadãos, mas há histórias humanas, um pouquinho da vida de cada.
Um transporte de qualidade nada mais é que garantir ao ser humano a valorização que ele precisa e merece.
Ao longo de 2011, publicamos mais de 700 notícias sobre transportes. Algumas que foram verdadeiros presentes para a população e para quem admira o setor: novas empresas chegando em áreas que sofriam com precariedade e implantando um conceito mais digno de atendimento, lançamentos de verdadeiras máquinas que dão orgulho à indústria brasileira, soluções em mobilidade simples, mas bem aplicadas e que aliviaram o sofrimento que hoje é viver nas cidades, participações de empresas de ônibus em ações sociais e muito mais.
Infelizmente também houve notícias que mostraram que nem tudo nos transportes é feito de flores, mas eram fatos que precisavam ser expostos para a conscientização e informação do cidadão. Afinal, antes mesmo de alguém ser apaixonado por transportes, busólogo, pesquisador, seja qual for o título, este alguém é cidadão e um ser inteligente. Desrespeito com o dinheiro público no planejamento de soluções de mobilidade, escândalos de empresas e empresários em casos como de lavagem de dinheiro, corrupção, má prestação de serviços e até assassinatos.
Marcas tradicionais de empresas e indústrias passando por dificuldades, muitas vezes por razões pouco esclarecidas formalmente, mas evidentes ao menor uso do senso crítico. Transporte público só ficando no discurso enquanto o transporte individual que polui mais e congestiona as cidades continuando com os privilégios em nome de uma política eleitoral que beneficia a classe média formadora de opinião.
Em 2012, a torcida é para que as coisas melhorem, mas admitamos que se o pensamento de muitas autoridades e da população não mudar e não se transformar em ação em prol da coletividade, edo próximo, barreiras ainda serão enfrentadas.
Não dá para escolher o que noticiar, afinal, o jornalismo é narração dos fatos, além de seus esclarecimentos. Se ocorrerem fatos positivos, é um prazer noticiar, mas se vierem os negativos, é um dever.
Mas se fosse para escolher algumas notícias, gostaríamos de manchetes como estas:

—- MOBILIDADE URBANA: GOVERNOS SE ENTENDEM E ESCOLHEM OS MELHORES SISTEMAS PARA A POPULAÇÃO
Acabou a disputa entre VLT, BRT e monotrilho. Planos definem a aplicação corret\ de cada modal para melhor atendimento das populações nas cidades

—- CASO BUSSCAR TEM UMA SOLUÇÃO DEFINITIVA
Setor de transportes ganhou com as medidas tomadas e a dignidade dos trabalhadores é garantida

—- LICITAÇÃO DA ANTT: GOVERNO FEDERAL E EMPRESAS SE ENTENDEM
Medidas garantiram melhorias nos serviços de transportes rodoviários e na condição de vida de quem precisa viajar

—- TECNOLOGIA LIMPA RECEBE INCENTIVOS REAIS
Com isso, o uso de ônibus e outros meios de transportes públicos não poluentes torna-se vantajoso economicamente para operadores e população é quem ganha com isso

—EMPRESAS DE ÔNIBUS SE DESTACAM EM AÇÕES SOCIAIS E DE VALORIZAÇÃO A VIDA
Além de grupos que já possuem essa postura, mais empresas tornaram suas relações com o meio ambiente e com o cidadão mais próximas.

—- TRANSPORTE PÚBLICO GANHA PRIORIDADE REAL NAS CIDADES
O transporte individual não foi penalizado, mas o coletivo ganhou importância e se tornou mais atraente o que gerou diminuição no trânsito e na poluição nas cidades brasileiras.

É verdade, algumas destas manchetes podem se limitar ao sonho, mas de sonhos que são feitas as mudanças.
Note que em cada uma delas falamos de transportes, mas as beneficiadas sempre foram as pessoas.
Isso porque, transporte é muito mais que ônibus, VLT, trem monotrilho ou metrô. É uma atividade humana e quando ele for realmente pensado para o ser humano, vai cumprir seu papel que é garantir dignidade às pessoas.
Feliz 2012
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em tranportes

8 comentários em AS NOTÍCIAS QUE GOSTARÍAMOS PARA 2012

  1. Faltou a licitação da área 5 da EMTU

  2. sonha marcelino!o problema aí em São Paulo é não só a falta de onibus.mas,uma classe média q ODEIA transporte público.se tiver metro,trens e onibus confortáveis,a turma vai preferir o carro!e isso é uma praga nacional.pra piorar a praga,tem a moto q incentivam(a própria imprensa FAZ ISSO)a compra e uso!falar só da classe política é fácil.dificil é olhar o seu umbigo.reconhecer q voce é influenciado pela mídia!no mais,bom ano!

  3. É amigos, eu sei que muitas destas noitícias dificilmente se concretizarão.Mas vale a pena sonhar. É dos sonhos que nascem as mudanças, primeiro em nós mesmos, nno nosso interior, depois no mundo.
    Se jogarmos a tolaha e dissermos que nada vaimudar, a atual situação predomina e nunca haverá sequer uma tranformação, mesmo que mínima.
    Vale a pena, nem que seja para ao menos sonhar muito e termos pouco,mas tudo com os pés no chão.

  4. Galesitransportes // 1 de Janeiro de 2012 às 21:53 // Responder

    Boa noite amigo Adamo,como diz a musica da MARIA BETÂNIA….

    Sonhar mais um sonho impossível
    Lutar quando é fácil ceder
    Vencer o inimigo invencível
    Negar quando a regra é vender
    Sofrer a tortura implacável
    Romper a incabível prisão
    Voar num limite improvável
    Tocar o inacessível chão
    É minha lei, é minha questão
    Virar este mundo, cravar este chão
    Não me importa saber
    Se é terrível demais
    Quantas guerras terei que vencer
    Por um pouco de paz
    E amanhã se este chão que eu beijei
    For meu leito e perdão
    Vou saber que valeu
    Delirar e morrer de paixão
    E assim, seja lá como for
    Vai ter fim a infinita aflição
    E o mundo vai ver uma flor
    Brotar do impossível chão

    Espero que em 2012 pelo menos 1terço destas noticias se concretizem.

    Abraços Marcos Galesi

    Ah sim, vou adicionar: Prefeito Kassab se sensibiliza com povo da zona leste de São Paulo, volta atrás em sua decisão e determina licitação para corredor na Avenida Celso Garcia

  5. Feliz Ano Novo Para Todos
    Eu também vou adicionar: que os politicos cumpram suas promessas de campanha, motivo pelos quais foram votados e eleitos (no nosso caso) principalmente o Kassab.

  6. Hola amigos,ojala que en este año 2012 veamos el resurgir de las cenizas a Busscar ,se le extraña mucho a la carroceria en Peru,un abrazo.
    Ricardo Aquino

  7. Feliz Ano Novo!

    Acrescentaria às que gostaria de ler:
    1) “Mobilidade finalmente atende a quem precisa e onde é necessário, antes de visar interesses e lucros de empresas viárias e dividendos políticos de governantes”
    2) “Foi criado o Meio Único de Pagamento para todo e qualquer modal público coletivo da RMSP. Está eliminado o pagamento em dinheiro dentro de qualquer veículo automotor público coletivo”
    3) “A partir de hoje NENHUMA ROTA PÚBLICA COLETIVA na RMSP poderá ser criada sem projeto de integração à Rede”

  8. me desculpem por as vezes,ser ríspido nos meus comentários.mas,tem situações q com o tempo(não sei se é por que estou no”se vira nos 30″),vai cansando a pessoa.mas,não sou hipocrita em afirmar q nosso sistema de transportes,deixa muito a desejar.não basta só investir em onibus novos,trens novos metrôs novos,e suas novas linhas.a nossa mentalidade do”culto ao carro”(importada dos Estados Unidos),precisa ser mudada.esse individualismo(tão endeusado por nossa imprensa,da qual, Ádamo Bazani,trabalha),é péssimo.trazendo o futebol,o Barcelona,nos deu recentemente uma aula de coletivismo ao detonar o santos.é isso q a gente tem se espelhar.do contrario,o cáos é certo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: