AUMENTO DE PASSAGEM DE ÔNIBUS EM CAMPINAS

Publicado em: 31 de dezembro de 2011

Passagem de ônibus em Campinas

Tarifa de ônibus em Campinas, no Interior de São Paulo, será uma das mais altas do País, chegando a R$ 3,00, já a partir deste dia 1ºde janeiro de 2012, quando será aplicado o reajuste. O valor se equipara ao da cidade de São Paulo, onde há mais integrações, inclusive com outros meios de transporte, e linhas mais longas. Os passageiros têm até às 18 horas deste sábado para escaparem do aumento, comprando créditos com antecedência, que mesmo depois do reajuste, serão descontados do Bilhete Eletrônico pelo valor antigo.

Campinas terá reajuste nas passagens de ônibus
O valor será de R$ 3,00, o mesmo praticado na cidade de São Paulo que oferece mais integrações e possui itinerários maiores

ADAMO BAZANI –CBN

As passagens de ônibus em Campinas, no Interior de São Paulo, terão reajuste no valor a partir deste domingo, dia 1ºde janeiro de 2012.
Os reajustes, em média de 5,3%, se diferem para cada categoria de serviço prestado.
As passagens comuns sobem de R$ 2,85 para R$ 3,00. Será uma das tarifas mais altas do País, com o mesmo valor da Capital Paulista, onde há mais integrações entre os sistemas de transportes e itinerários mais longos.
Já o valor dos bilhetes escolares passa de R$ 1,14 para R$ 1,20 em cada viagem.
As linhas especiais, de trajetos menores, também terão aumento de valor de passagem em Campinas.
A linha 501 (Circular Centro) e 501 (Linhão da Saúde),que hoje têm tarifas de R$ 1,90, passam com o aumento a cobrar $ 2,00 a partir de primeiro de janeiro de 2012.
Para estas linhas, o passe escolar que hoje é de R$ 0,76 a viagem passa para R$ 0,80 aa passagem.

COMO ESCAPAR DOS AUMENTOS:

O passageiro pode escapar dos aumentos comprando créditos de passagens com o valor antigo no Bilhete Eletrônico.
Se a compra for realizada até este dia 31 de dezembro de 2011, mesmo depois do aumento, serão descontados os valores antigos das passagens, por até um ano, dependendo da mobilidade e serviço prestado.
Os postos de venda da Transurc operam até este sábado, dia 31 de janeiro, das 8 horas às 18 horas, nos terminais Central, Ouro Verde, Campo Grande, Barão Geraldo, Terminal Metropolitano e nas redes credenciadas.

CUSTOS:

A EMDEC, empresa de desenvolvimento de Campinas, que gerencia os transportes, justificou os reajustes aos aumentos dos custos de operação dos serviços de ônibus.
Segundo a autarquia, os pneus em um ano tiveram a maior elevação: 6,58%, a compra de veículos teve acréscimo de 6,57% no valor, os salários oneraram em 5,95% as operações e o combustível para os ônibus tiveram em um ano elevação de 5,55% no preço ao empresário.
O cálculo do reajuste tarifário é uma média destas elevações e de outros custos, como quilômetro rodado, lubrificantes e peças em geral.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. veracy passos disse:

    Depois de tanta picaretagem sendo mostrada em rede nacional sobre os roubos feitos na prefeitura de campinas eles deixaram o grande desfalque p final: PASSAGEM DE TRANSPORTE PUBLICO R$ 3,00 apatir do dia 1¤, esse é o presente de 2012… Parabéns

  2. Carlos Silva disse:

    Infelizmente o ano de 2012 começa com uma noticia ruim.Os onibus passaram de R$ 2,85 para R$ 3,00 e o pior é que as empresas queriam um valor de R$ 3,44, alegando que só assim o sistema estaria equilibrado.Concordo com eles , o sistema esta desiquilibrado, com ônibus velhos, manutenção precária e investimento mal feitos na renovação. Há a necessidade de uma mudança da mentalidade tantos dos empresários quanto da prefeitura e população.Os primeiros, precisam investir melhor na frotas, pois é um absurdo os veiculos que hoje atendem as linhas principais dos terminais.São carros pequenos, velhos, como por exemplo nas linhas 1.20,3.33,1,16,1.34 entre outras, sendo que o ideal seiam os do tipo padron.Os articulados ficaram menores e já apresentam problemas de manutenção, mesmo os mais novos.A prefeitura, precisa repensar as linhas, pois muitas foram criadas apenas para agradar vereadores, seu eleitores e associação de moradores, que nao verdade nem as utilizam e com isso causam um custo para nós usarios, pois andam vazias e a nós usuários, manter a conservação, evitar a depredação dos onibus, pois isso aumenta o custo da manutenção e valor da passagem.È também do interesse das empresas e as classes médias e altas, empregadores, a melhoria do sistema, pois assim diminuiriam os atrasos, trabalhadores menos estressados e cansados.Com essas mudanças de pensamento, aumentaria o numero de pessoas que utilizariam o serviço de transporte público, que seria mais agil, racional e eficiente, melhorando a qualidade de vida em nossa cidade, porém antes todos devemos mudar a nossa mentalidade tão de 3º mundo que vai dos empresários e a classes mais altas até na periferia que onibus é coisa de pobre. Obrigado

  3. Cristiane disse:

    coloquem mais onibus nas linhas, com boas condicoes q nao CHOVA dentro deles ai sim pensem em aumentar a passagem do jeito q ta nao da, vcs aproveitao porque a populacao mesmo indignada depende do transporte coletivo entao reclamando ou nao tds vao que utilizar o servico precario q vcs oferecem por isso vcs nao estao nem ai sabe q reclama no comeco mas dps deixa o tempo cobrir o descaso de vcs com quem enchem seus bolsos d dinheiro pra que tenha uma boa vida enquanto o resto se ferra trabalhando p ter pelo menos uma vida digna!!!

Deixe uma resposta