GREVE EM CAMPINAS: Serviços voltam ao normal aos poucos. Manhã foi problemática

Greve de ônibus em Campinas

Ônibus em Campinas. Paralisação na manhã desta quarta-feira prejudicou entre 170 mil e 200 mil passageiros dos serviços do lote Azul Claro, que compreende as 53 linhas que servem regiões como Ouro Verde. Vila União e Corredor Amazonas. Situação está se normalizando aos poucos.

Ônibus em Campinas voltam ao normal
A normalização dos serviços das Linhas de cor Azul Clara é gradual. Motoristas e Cobradores da VB Transportes não tiraram os veículos da garagem

ADAMO BAZANI – CBN

A greve de motoristas e cobradores de ônibus de parte do sistema de Campinas, no Interior de São Paulo, tornou um verdadeiro desafio o a rotina, que já não é fácil normalmente, de quem precisa de transporte público para trabalhar, estudar, ir ao médico ou cumprir outros compromissos.
Cerca de mil funcionários que prestam serviços nos ônibus das linhas da cor azul clara, da VB Transportes e Turismo, cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira, dia 16 de novembro de 2011.
Agora a situação está se normalizando. Os motoristas e cobradores de 290 veículos voltaram ao trabalho, de acordo com o sindicato que representa a categoria, mas a população ainda sente os reflexos da paralisação.
A Emdec – Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas colocou ônibus de outras empresas para minimizar o impacto da greve, mas o número de veículos de outras viações, que não podiam desfalcar suas linhas próprias, foi insuficiente.
A VB no lote de cor Azul Clara atende 53 linhas. A estimativa é que entre 170 mil e 200 mil passageiros, do total de 650 da demanda municipal, tenham sido prejudicados por conta da greve em Campinas.
Vila União, Ouro Verde e Corredor Amazonas são algumas das regiões com maior população que são atendidas pela “linha” Azul Claro da VB Transportes.
A paralisação total durou cerca de três horas e pegou p passageiro bem no horário de pico.
Os motoristas e cobradores da VB Transportes, em Campinas, reivindicam o pagamento de horas extras e dias trabalhados em feriados, que não teriam sido realizados pela empresa.
Eles também se queixam do atraso do pagamento do vale refeição.
A direitora da VB afirmou, por meio de nota, que os pagamentos foram realizados, mas que irá rever as escalas de outubro para verificar eventuais erros.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em GREVE EM CAMPINAS: Serviços voltam ao normal aos poucos. Manhã foi problemática

  1. NOVIDADES DE HOJE

    Depois de uma manhã problemática por causa da greve de ônibus em Campinas, a situação começa a se normalizar no início da noite desta segunda-feira. VEJA NESTE LINK:

    http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2011/12/12/greve-de-onibus-em-campinas-termina-mas-deixa-reflexos/

    Motoristas e cobradores da VB Transportes, que opera o lote chamado Linha Azul, cruzaram os braços reivindicando o pagamento de horas extras. Empresa vai analisar cada caso, mas diz que a greve é motivada por uma disputa política interna no sindicato.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: