CORPUS CHRISTI: EMPRESAS DE ÔNIBUS DEVEM TRANSPORTAR MAIS PASSAGEIROS EM COMPARAÇÃO COM O ANO PASSADO.

Viação Cometa

Ônibus da Viação Cometa chegando ao Terminal do Jabaquara, na Zona Sul de São Paulo. Só na Capital Paulista, mais de 570 mil pessoas vão passar pelas rodoviárias neste Corpus Christi. No Rio de Janeiro serão 250 mil pessoas, em Belo Horizonte 88 mil passageiros, em Curitiba 31 mil pessoas e em Vitória 14 mil passageiros de ônibus. Foto: Adamo Bazani.

Meio milhão de pessoas devem usar os terminais de ônibus neste feriado prolongado
Na parte da tarde, o movimento já era intenso nas três principais rodoviárias de São Paulo

ADAMO BAZANI – CBN

Quem vai viajar de ônibus neste feriado prolongado de Corpus Christi não deve enfrentar grandes atrasos nas partidas dos veículos e risco de falta de serviço, como os passageiros de avião devem estar mais suscetíveis.
No entanto, é necessário ter um pouco mais de paciência que nos dias normais e atenção também.
A reportagem acompanhou filas em guichês, como no Terminal Jabaquara, na zona sul de São Paulo, principal ponto de saída para o Litoral do Estado.
Ao redor do terminal, transportadores clandestinos aliciam passageiros que pretendem embarcar nos ônibus regulares. A ação ocorre sem o menor constrangimento mesmo com a presença da polícia.
Os policiais ouvidos disseram que em dias de maior movimento nos terminais rodoviários, mesmo com o efetivo ampliado assim como o número de seguranças nos terminais, todo o cuidado é pouco.
O principal delito nestas ocasiões são furtos e roubos de pequenos objetos ou bagagem de porte reduzido.
Assim, os policiais orientaram aos passageiros ou mesmo a quem somente passa nas proximidades dos terminais que evitem usar celulares e exibir aparelhos eletroeletrônicos assim como jóias e bijuterias.
A Socicam, empresa campineira que administra os três principais terminais rodoviários de São Paulo desde 1989, estima que somente nesta quarta-feira, dia 22 de junho, deixem a cidade de São Paulo 137 mil passageiros, passando pelo Terminal Rodoviário do Tietê, Terminal da Barra Funda e Terminal do Jabaquara.
O maior momento é no terminal de porte superior, o do Tietê.
Ainda de acordo com a Socicam, em todo o feriado, desta quinta-feira dia 22 de junho a segunda-feira, dia 27 de junho, devem passar pelos terminais da Capital Paulista 573 mil pessoas.
Os destinos mais procurados, de acordo com a empresa são: cidades do Litoral de São Paulo (Norte e Sul), interior paulista, Angra dos Reis, Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Angra dos Reis.
Crianças de até 12 anos de idade podem viajar acompanhadas de pais, responsáveis legais, avós, ou tios de primeiro grau e devem portar documento. Irmãos podem viajar com crianças desde que tenham 18 anos ou mais.
Se o acompanhante da criança não se enquadrar em nenhuma destas exigências, no momento do embarque deve ser apresentada autorização escrita e assinada pelos pais ou responsáveis, além de ser autenticada em cartório.
Para atender à demanda, as empresas der ônibus já colocaram veículos extras.
No total, em São Paulo, devem ser colocados 1500 ônibus a mais.

CURITIBA:

A Urbs (Urbanização de Curitiba) estima que pelo menos 31 mil pessoas deixem a capital paranaense.
Só entre esta quarta-feira e quinta-feira serão 1010 ônibus prestando serviços para a população.
A maior procura é para as cidades do interior do Paraná (45% dos passageiros), Santa Catarina (20% dos passageiros), litoral paranaense (15%), Capital Paulista e interior de São Paulo (12%), Rio Grande do Sul (3%) e Rio de Janeiro (3%).
O movimento deste ano, em relação a 2010, deve ser 7% superior.

RIO DE JANEIRO:

No Rio de Janeiro, 250 mil pessoas devem passar pela Rodoviária Novo Rio, de acordo com a administração do terminal. O Consórcio Novo Rio estima que o maior movimento será nesta quinta-feira, dia 23 de junho, com 29 mil pessoas passado pelo local.
Ainda de acordo com o Consórcio, os destinos mais procurados são as regiões Serranas e dos Lagos.
As empresas de ônibus no Rio de Janeiro colocaram 1005 ônibus extras para atender a demanda maior.

VITÓRIA

Pelo menos 14 mil pessoas devem passar pelo Terminal Rodoviário de Vitória, neste feriado de Corpus Christi.
Serão 380 ônibus da escala normal das empresas e mais 130 extras.
As cidades do interior do Espírito Santo são as rotas mais procuradas. Além disso, há partidas extras para Cachoeiro do Itapemirim, Guarapari, Colatina, Teixeira de Freitas, Timóteo, Salvador, Porto Seguro, Ipatinga, Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo.

BELO HORIZONTE:

Os passageiros devem ficar atentos pois nem todas a partidas serão realizadas pelo Terminal Israel Pinheiro.
Quem sai de Belo Horizonte para o Espírito Santo, Brasília, São João da Barra (RJ) e Campo de Goytacazes (RJ) deve utilizar a Estação São Gabriel, na zona Norte de Belo Horizonte.
A alteração vai até segunda-feira dia 27 de junho para não sobrecarregar o Terminal principal da cidade.
Pela Estação São Gabriel devem passar 20 mil pessoas e pelo Terminal Israel Pinheiro (Tergip) outros 68 mil passageiros.

PORTO ALEGRE:

A Estação Rodoviária de Porto Alegre, nesta quinta-feira, dia 23 de junho, vai contar com 60 ônibus extras.
Os destinos mais procurados são: Livramento, Pelotas, Passo Fundo, Santa Maria e Uruguaiana.

SALVADOR:

A Estação Rodoviária de Salvador registra movimento intenso de viagens de chegada e de saída da capital.
Foram disponibilizados neste feriado de Corpus Christi mais de 2500 horários extras. Destes, apenas em 500 havia vagas.
As cidades do interior da Bahia mais procuradas são Amargosa, Senhor do Bonfim, Cruz das Almas, Cachoeira, Porto Seguro, Mata de São João, Camaçari e Santo Antonio de Jesus.

As rodoviárias de outras capitais também registram movimento intenso e as empresas de ônibus esperam de uma maneira geral um aumento no número de passageiros em todo o País.

CORPUS CHRISTI:

As celebrações do Corpus Christi, ou Corpo de Cristo, são católicas e representam a presença real do Corpo de Cristo na Eucaristia.
È realizada na quinta-feira que sucede ao Domingo da Santíssima Trindade.
A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no dia 11 de agosto de 1264, mas foi oficializada em 1269.
A igreja católica determinou que sejam realizadas procissões para tornar pública a mensagem da vinda de Jesus e da presença do seu corpo pela hóstia.
No Brasil, estas procissões são marcadas pela tradicional confecção de tapetes feitos de serragens e outros materiais.
Praticamente todas as cidades brasileiras têm esse costume. No entanto, em algumas, as procissões são consideradas mais tradicionais, como Pirenópolis (Goiás), Castelo (Espírito Santo), Mariana (Minas Gerais), Santana do Paranaíba (São Paulo), entre outras.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em CORPUS CHRISTI: EMPRESAS DE ÔNIBUS DEVEM TRANSPORTAR MAIS PASSAGEIROS EM COMPARAÇÃO COM O ANO PASSADO.

  1. Boa noite.

    A reportagem ilustra bem, a importância deste instrumento de integração social que, é o ônibus.

  2. Olá Adamo

    Bélissimo ônibus esse Paradiso. A Marcopolo demorou mas mandou ver na modernização de seu modelo rodoviário.
    As pessoas recebem da mídia a falsa sensação de estatus de que viajar de avião é sinônimo de superioridde social, assim como o governo faz em relação ao ônibus em comparação com o carro. Percebam na propaganda do governo que um passageiro passa do ônibus para o carro indicando que este melhorou de vida só porque possui um carro. Ainda mais considerando que as péssimas condições dos ônibus são culpa da própria classe política que nada faz para melhorar o setor (me refiro á infra-estrutura principalmente). O que também é uma ilusão: que qualidade de vida é essa em que o motorista tem que ficar preso no trânsito com seu carro? Ao mesmo tempo que o governo cria o monstro; cria também a forma de elimina-lo.

    A colisão ocorrida com um ônibus da zona leste e um caminhão serviu mais uma vez para a mídia sensacionalista da record tratar essas ocorrências envolvento “transporte coletivo”, ou simplismente “coletivo”, como um tema de interesse particular da emissora. Agora com a chegada do Datena á emissora, piorou! Tanto que ele classifica os ônibus de São Paulo como lixo. A globo não fica muito atrás. Eles sempre debatem ou expôem as consequências dos problemas, e nunca a origem. Em outras palavras a mídia explora os acidentes envolvendo ônibus por saberem que dá ibope, portanto visibilidade, fingindo debater a situação com preocupação. Isso é revoltante!

    Sei que esse tema não tem anda a ver com a matéria em questão, mas parece que iria passar despercebido nessa comunidade.
    Isso foi mais um desabafo

    É muito bom viajar de ônibus, principalmente para nós busólogos.
    É isso aí, valeu

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: