AUMENTO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS EM SOROCABA

A partir de sábado, dia 11 de junho, tarifas de ônibus em Sorocaba terão reajuste de 5,71%. Passageiro pode comprar créditos até 10 de junho e pagar a tarifa atual por 180 dias depois do aumento. Foto: Eduardo A. Almeida

Andar de ônibus em Sorocaba fica mais caro a partir do próximo sábado
Empresa gerenciadora dos transportes na cidade do Interior Paulista diz que aumento de salários e de insumos para a operação foram os principais motivos para o reajuste

ADAMO BAZANI – CBN

A partir do sábado, dia 11 de junho de 2011, andar de ônibus municipal em Sorocaba, no Interior Paulista, fica mais caro.
A Urbes, empresa que gerencia os transportes e o trânsito na cidade, anunciou nesta semana aumento de 5,71%.
Segundo a empresa gerenciadora, o aumento é necessário para que o sistema prossiga equilibrado e com viabilidade econômica.
Com o reajuste, as tarifas em Sorocaba passam a ter os seguintes valores:
Tarifa Social: de R$ 2,65 para R$ 2,85
Vale Transporte: de R$ 2,69 para R$ 2,95
Tarifa para estudante: de R$ 1,45 para R$ 1,50.
Até o dia 10 de junho, os passageiros podem comprar os créditos no valor atual, que, mesmo depois do reajuste, será descontada a tarifa sem o aumento. Mas isso vale por até 180 dias após o aumento de sábado.
A Urbes prevê o aumento da procura pelos créditos.
A tarifa de R$ 1,00 para os domingos será mantida. Para ter direito, no entanto, o passageiro precisa ir até um dos terminais de Sorocaba, adquirir o carão e comprar de dois créditos para mais. É necessário apresentar documento de identidade com foto.

COMPOSIÇÃO DA TARIFA:

Segundo a Urbes, o reajuste de 5,71% foi calculado com base nos aumentos de custos que as empresas de ônibus tiveram ao longo do ano. Entre os principais custos, que tiveram elevação, segundo a Urbes, estão:

• Salários dos funcionários: aumento de 8,23% de junho de 2010 a maio de 2011
• Manutenção e compra de ônibus: 11,22%
• Custos de rodagem: 9,77%
• Combustível: 1,76%

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes, com informações da Rede Bom Dia.