Ônibus de São Paulo terão campanha contra racismo

Veículos recebem adesivação e “Jornal do Ônibus” vai alertar como ajudar a combater este crime

ADAMO BAZANI

A partir desta quinta-feira, 04 de agosto de 2022, os ônibus na cidade de São Paulo vão ter uma campanha contra o racismo.

Realizada pela SPTrans (São Paulo Transporte), que gerencia o sistema, em parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), a ação vai contar com adesivação de alguns coletivos, seis edições do Jornal do Ônibus e painéis dentro dos veículos com mensagens sobre como ajudar a combater este crime.

A marca da campanha, intitulada, Ponto Final ao Racismo, consiste num desenho de ônibus com a inscrição “Racismo é Crime”

Além de incentivar a denúncia, a iniciativa quer discutir a diferença entre racismo e injúria racial, direitos, questões penais e legais, e  trazer orientações aos passageiros.

Desde julho deste ano, motoristas, cobradores, fiscais e outros profissionais de transportes estão recebendo treinamentos e capacitações sobre o tema.

Também haverá faixas nas garagens, cartazes impressos e em versão eletrônica em terminais e mensagens em redes sociais.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta