Metroviários de BH decretam estado de greve e ameaçam parar em 02 de agosto

Categoria protesta contra atrasos dos auxílios refeição e alimentação

ADAMO BAZANI

Metroviários de Belo Horizonte decretaram estado de greve, que é uma espécie de indicativo de paralisação, e prometem cruzar os braços no dia 02 de agosto de 2022, caso a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) não pague os auxílios refeição e alimentação, que estão atrasados.

A decisão foi tomada em assembleia na tarde desta quarta-feira, 20 de julho de 2022, realizada na Praça da Estação, na região central.

A CBTU espera regularizar a situação até a data estipulada pela categoria.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta