Eletromobilidade

Operadora de transporte da Suíça compra 10 eCitaro com meta de eletrificação total até 2030

Baterias são carregadas na garagem com o uso de pantógrafos de cima para baixo, fornecidos pela Daimler.

RVBW – Transporte Regional de Baden-Wettingen comprou os e-buses da fabricante Mercedes-Benz com infraestrutura de carregamento

ALEXANDRE PELEGI

Com a meta de alcançar a eletrificação total de sua frota até 2030, a RVBW – Transporte Regional de Baden-Wettingen, da Suíça, tem realizado testesOK com diversos fabricantes para escolher os melhores modelos para sua frota, que será totalmente convertida para mobilidade emissão zero.

Após vários testes, a operadora optou pelo Mercedes eCitaro, incluindo a infraestrutura de carregamento como solução pronta para uso.

O transporte regional, situado no estado suíço de Argóvia, adquiriu dez veículos da fabricante com piso baixo, neutros em CO², e previsão de entrega para 2023.

A Daimler Buses fornecerá o sistema completo de mobilidade eletrônica como solução pronta para uso, incluindo toda a infraestrutura de carregamento, gerenciamento e medidas de conversão.

Os Mercedes eCitaro são equipados com cinco pilhas de baterias de níquel-manganês-cobalto com um conteúdo total de carga de 490 kWh.

As baterias são carregadas na garagem com o uso de pantógrafos de cima para baixo, incorporados à infraestrutura e com trilho de contato de alta potência na parte superior do veículo.

Os eCitaro têm o equipamento AVAS (Sistema de Alerta Acústico de Veículos) para alertar os pedestres da aproximação dos ônibus elétricos silenciosos.

Os motoristas têm área de estar com ar-condicionado, que também inclui vigilância por vídeo do compartimento de passageiros, espelho retrovisor interno ajustável eletricamente e uma câmera de ré.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta