OUÇA: Portas de Plataforma começam a funcionar em duas estações da linha 1-Azul do Metrô nesta quinta (7) e 10 estações da linha 3 recebem equipamento neste ano

Dispositivo é considerado item de segurança para evitar acidentes e queda de objetos nos trilhos. Até o fim de 2024, todas as estações da rede devem ter os dispositivos

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

OUÇA:

O Metrô de São Paulo iniciou nesta quinta-feira, 7 de julho de 2022, o funcionamento integral das portas de plataforma nas estações Jabaquara e Tucuruvi da Linha 1-Azul, que completa 50 anos de operação do primeiro trecho.

Os dispositivos foram instalados no decorrer do primeiro semestre deste ano e são considerados itens de segurança para evitar queda de pessoas e objetos nos trilhos.

Em entrevista ao Diário do Transporte, o presidente do Metrô, Silvani Pereira, disse que neste ano de 2022 haverá mais 10 estações com o equipamento.

“Ainda colocaremos neste as portas de plataformas nas estações Belém, Bresser, Pedro II, Itaquera, Barra Funda, Carrão Penha, Artur Alvin, Patriarca e Guilhermina-Esperançam todas na luinha 3- Vermelha. A nossa meta é que ainda neste ano, nós teremos mais dez estações da linha vermelha com as portas.” – disse

De acordo ainda com Silvani, os planos é que todas as estações do Metrô de São Paulo tenham as portas na plataforma até o fim de 2024.

Toda rede metroviária deveria ter o equipamento até dezembro deste ano, mas houve contestações na Justiça sobre a licitação e assinatura de contratos.

Segundo o Metrô, a instalação desta quinta-feira (07) foi feita pelo contrato de modernização do sistema de sinalização e controle dos trens, que prevê também a colocação das portas de plataformas nas estações terminais da Linha 3-Vermelha: Corinthians-Itaquera e Palmeiras-Barra Funda. Nessas duas, os materiais já chegaram do Brasil e está em andamento o projeto de adequação da estrutura das plataformas que devem ter os equipamentos instalados até o fim do ano.

Em nota, o Metrô informou as estações de operação pública e de operação privada que já possuem portas de plataforma e ainda diz que está sendo implantado um novo sistema de controle de trens chamado CBTC.

Atualmente, esse tipo de porta está presente nas novas estações construídas pelo Metrô – Sacomã, Tamanduateí, Vila Prudente (Linha 2-Verde) e todas das linhas 4-Amarela e 15-Prata -, na Linha 5-Lilás, que recebeu os equipamentos recentemente, e nas estações Vila Madalena (Linha 2-Verde) e Vila Matilde (Linha 3-Vermelha).

Além das portas, o Metrô trabalha para a modernização do sistema de sinalização e controle de trens da Linha 1-Azul, com a implantação do sistema CBTC. A estratégia de liberação para o funcionamento na operação comercial envolve o uso desse sistema inicialmente aos domingos até sua utilização em todos os dias ainda este ano. O CBTC permite ampliar a oferta de trens aos passageiros, com a redução dos intervalos de circulação entre as composições.

Veja abaixo o funcionamento das portas em Jabaquara.

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes e Willian Moreira para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta