SPTrans abre licitação para pavimento rígido em paradas de ônibus fora de corredores

Pregão eletrônico será realizado no dia 26 de julho, data limite para envio de propostas

ALEXANDRE PELEGI

A SPTrans – São Paulo Transportes abriu licitação, na modalidade Pregão Eletrônico do tipo menor preço, para implantação do pavimento rígido nas vias das paradas de ônibus fora dos corredores segregados do sistema de transporte coletivo da capital.

O limite para recebimento das propostas será dia 26 de julho de 2022 às 10h, por meio da página eletrônica http://www.licitacoes-e.com.br.

Nesse mesmo dia e horário serão abertas as propostas, com início da disputa de preços às 10h15.

Os interessados em participar do certame poderão obter os arquivos eletrônicos com a íntegra do edital e seus anexos, nos sites http://www.licitacoes-e.com.br e http://www.sptrans.com.br dentro do “link” LICITACÕES.

Geralmente indicado em corredores de ônibus, com tráfego intenso e repetitivo, o pavimento de concreto é uma alternativa pela resistência e alta durabilidade do material, exigindo pouca manutenção, ao contrário do pavimento flexível.

O concreto é mais indicado para locais onde há tráfego maior de ônibus, inclusive com frenagem, por suportar melhor que o asfalto o peso dos veículos de transporte coletivo.

As obras também contemplam as reformas de guias, sarjetas e calçadas das paradas.

Há dois anos, como mostrou o Diário do Transporte, a SPTrans concluiu uma licitação do mesmo tipo: substituir asfalto por concreto (pavimento rígido) em paradas de ônibus localizadas em vias onde não há corredores para o transporte coletivo.

De acordo com publicação no Diário Oficial de 11 de junho de 2020, a Comissão Permanente de Licitações – CPL da SPTrans divulgou o resultado da análise e julgamento das propostas comerciais e dos documentos de habilitação das licitantes, e declarou vencedora a empresa JZ Engenharia e Comércio Ltda, pelo valor de R$ 18.887.095,23. Relembre: SPTrans define vencedor em licitação para pavimento rígido em paradas de ônibus fora de corredores

Desde setembro de 2018 a SPTrans vinha tentando realizar a licitação que, naquele ano, foi barrada pelo TCM – Tribunal de Contas do Município.

Print D.O. do Município – 02/07/2022

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta