Assassinato em trem da Supervia em Deodoro provoca alterações na operação

Viagem precisou ser encerrada, e passageiros seguiram viagem em outras composições

ALEXANDRE PELEGI

Uma ação de violência na tarde desta segunda-feira, 27 de junho de 2022, alterou a operação de trens da Supervia no Rio de Janeiro.

Um homem foi assassinado a tiros dentro de um trem do ramal Santa Cruz, na altura de Deodoro.

A Supervia divulgou nota em que relata a situação.

De acordo com a concessionária do sistema na região metropolitana do Rio de Janeiro, o trem seguia de Santa Cruz (ramal Santa Cruz) para a Central do Brasil, na estação Deodoro.

Corpo de Bombeiros e o Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) atuaram após a ocorrência.

Ainda segundo a nota, a viagem precisou ser encerrada em Deodoro, e os passageiros seguiram viagem em outras composições.

O autor do disparo saiu do trem logo após o crime.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodinei Campos da Silveira disse:

    Que estupidez!
    E a segurança? Como é que fica?
    Será que o Rio virou uma terra de ninguém?

Deixe uma resposta