Nova Odessa (SP) reduz valor da tarifa do transporte e aumenta subsídio ao passageiro

Rápido Sumaré opera na cidade. Foto: Fred Sposito/Ônibus Brasil

Decreto do prefeito Cláudio José Schooder confirma a redução de R$ 3,10 para R$ 3; prefeitura paga subsídio há 11 anos

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, publicou nessa quinta-feira, 02 de junho de 2022, decreto que reduz a tarifa do transporte coletivo urbano de R$ 3,10 para R$ 3.

O valor atual, que sofrerá redução de dez centavos, foi fixado em meados de 2019.

A prefeitura informa que a redução foi possível após a Câmara de Vereadores da cidade aprovar um projeto de lei do Executivo alterando a legislação vigente sobre o tema.

Com a alteração, a prefeitura fica autorizada a aumentar o valor do subsídio pago por passagem utilizada pelos moradores da cidade, restabelecendo o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão vigente.

Com a aprovação do Legislativo, o subsídio ao usuário, que era de R$ 2,42, passa para R$ 3,64 por passagem.

O subsídio foi criado pela Lei Municipal nº 2.497, de 20 de maio de 2011, e vem sendo pago pela Prefeitura desde então (ou seja, ao longo dos últimos 11 anos, ininterruptamente).

Outra consequência do aumento do subsídio por passageiro foi atender à reivindicação da empresa concessionária do sistema municipal, a Rápido Sumaré, cujo valor total recebido por passagem não era reajustado há praticamente três anos.

A Secretaria Municipal de Governo afirma que se não fosse parcialmente restabelecido o equilíbrio econômico-financeiro do contrato, a concessionária poderia ir à Justiça, o que afetaria diretamente o usuário, “que arcaria com o custo de um reajuste determinação judicialmente”.

A Rápido Sumaré cobrava inicialmente um reajuste da tarifa para R$ 10,52, mas concordou com os novos valores calculados pela comissão de avaliação constituída pela Prefeitura.

A empresa concessionária se comprometeu ainda em investir na modernização da frota que atende o transporte municipal.

O transporte coletivo de Nova Odessa é composto por cinco linhas, realizadas por sete veículos, que transportam diariamente uma média de mil passageiros.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta