Marcopolo apresenta soluções para mobilidade sustentável no Congresso Mercado Global de Carbono

CEO da Marcopolo, James Bellini, integra a palestra “O Futuro Verde da Mobilidade Urbana”. Foto: Divulgação.

Evento é realizado de 18 a 20 de maio no Rio de Janeiro

JESSICA MARQUES

A Marcopolo informou, em nota, que está apresentando detalhes sobre soluções para mobilidade sustentável no Congresso Mercado Global de Carbono.

O CEO da Marcopolo, James Bellini, integra a palestra “O Futuro Verde da Mobilidade Urbana” no evento. O congresso é realizado nesta semana, de 18 a 20 de maio, no Rio de Janeiro.

No evento, com transmissão online, o executivo destaca estratégias que ampliam a sustentabilidade dos negócios e contribuem com a construção do futuro da mobilidade.

“Entre as iniciativas, está a estruturação da agenda ESG, com a sustentabilidade como um dos pilares que proporciona impactos ambientais positivos, além de ações para a redução das emissões de gases de efeito estufa”, detalhou a Marcopolo, em nota.

A fabricante informou que prioriza o uso de energia oriunda de fontes renováveis, como o gás natural nos sistemas de geração de energia (calor), bem como a utilização de gases de refrigeração com menores impactos e o tratamento aeróbio dos efluentes sanitários.

A companhia detalhou também que investe no aprimoramento da frota, com ônibus eletrificados e movidos a gás natural, além de soluções de veículos sobre trilhos, desenvolvidos pela unidade de negócios da companhia, voltada para o segmento de trens, a Marcopolo Rail.

“Somos líderes no segmento de carrocerias de ônibus e micro-ônibus na América Latina e referência mundial. Nossa preocupação com questões ambientais, sociais e de governança foi formalizada em nosso planejamento estratégico, que visa o aumento do transporte coletivo com a utilização de veículos movidos a propulsão elétrica e com a utilização de outras fontes que geram menor agressão à natureza”, afirma James Bellini.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta