São Bernardo do Campo apresenta 40 novos micro-ônibus escolares

Veículos foram comprados pela Diastur, do Grupo ABC, responsável por este tipo de transporte na cidade

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, apresentou na manhã deste sábado, 30 de abril de 2022, 40 micro-ônibus escolares para os alunos que estudam na cidade.

Com isso, a frota deste tipo de serviço sobe para 410 veículos.

Segundo a prefeitura, foram contratados mais 40 motoristas e 40 monitores.

Os investimentos foram de R$ 16 milhões pela empresa Diastur, do Grupo ABC, que opera este serviço em São Bernardo do Campo.

O Grupo ABC também é responsável pelo transporte municipal comum, com a empresa BR7 Mobilidade, e por todas as linhas metropolitanas da região do ABC gerenciadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), NEXT Mobilidade, incluindo o corredor de trólebus (Corredor Metropolitano ABD).

Cada veículo escolar apresentado tem capacidade para transportar 45 alunos sentados.

A carroceria é fabricada pela Caio e os chassis são Mercedes-Benz.

Segundo a prefeitura 217 EMEBs (Escolas Municipais de Educação Báscica) e creches conveniadas são atendidas por esta frota total.

Atualmente, aproximadamente  de 16 mil alunos da rede municipal utilizam o serviço, entre berçário, ensino infantil, ensino fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e educação especial, em todos os períodos.

“Educação é a base de uma sociedade mais justa e igualitária. Por isso não medimos esforços para garantir um ensino de qualidade às nossas crianças, o que incluir facilitar o acesso à aprendizagem, com transporte seguro e confortável. Já zeramos a fila de espera por vagas em creche, entregamos uniforme e material escolar no primeiro dia de aula, reformulamos o cardápio escolar, reformamos escolas, ampliamos o ensino em tempo integral e vamos continuar investindo”, disse, em nota, o prefeito Orlando Morando.

A entrega também foi acompanhada pela secretária de Educação, Sílvia Donnini, pela presidente da Diastur, Milena Braga Romano, e vereadores.

A prefeitura explicou que, em São Bernardo, têm direito ao transporte escolar os alunos que estudam em escola com distância igual ou superior a 1,5 km da residência, desde que a unidade seja a mais próxima ou tenha sido indicada pela secretaria de Educação, além de estudantes que vivem em áreas de difícil acesso, com deficiência incapacitante ou com pais que possuam alguma deficiência incapacitante, mediante comprovação médica.

O pedido de cadastramento no transporte escolar deve ser realizado anualmente pelos pais ou responsáveis na escola municipal ou creche parceira onde o aluno estiver matriculado, conforme resolução SE nº 19/2021.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Estranho mesmo é (eu) ver os CAIOs-chassi Scania sempre vazios ali no Milena ou rodando pela cidade…Se são grandes deve ser pra estudantes adultos…..E se serve Santo André ( onde moro), pior, quase não vejo com alunos dentro..Vejo mesmo vans particulares rodando.

Deixe uma resposta