Diário no Sul

Comec altera ponto final de linha de ônibus a partir de segunda (25)

Nome da linha também será alterado, passando a se chamar H01-ARAUCÁRIA/GUADALUPE. Foto: Divulgação / Comec.

Itinerário H01-ARAUCÁRIA/CURITIBA será finalizado no Terminal do Guadalupe

JESSICA MARQUES

A Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) informou que fará uma alteração em uma linha de ônibus a partir de segunda-feira, 25 de abril de 2022.

O ponto final do itinerário H01-ARAUCÁRIA/CURITIBA, localizado na Alameda Dr. Muricy, será alterado para o Terminal do Guadalupe.

Com a mudança, a linha deixa de parar na Alameda Dr. Muricy, mas ganha uma parada na Rua André de Barros, na altura do número 360, entre a Av. Mal. Floriano Peixoto e a Rua Lourenço Pinto. E na sequência segue para o ponto final no Terminal do Guadalupe.

Segundo o presidente da Comec Gilson Santos, a mudança irá trazer mais segurança e comodidade aos usuários. “O Terminal do Guadalupe é mais movimentado, o que traz mais segurança, e por onde circulam grande parte das linhas metropolitanas, facilitando a conexão dos usuários entre elas. Uma mudança simples, mas que com certeza irá melhorar muito o atendimento para quem faz uso desta linha”, destacou.

Com isso, o nome da linha também será alterado, passando a se chamar H01-ARAUCÁRIA/GUADALUPE.

ALTERAÇÕES DE ITINERÁRIO

Outra mudança será no trajeto realizado em Araucária, onde a linha deixará de circular pelas ruas Dr. Vitor Ferreira do Amaral e São Vicente de Paulo, e irá direto para o Terminal Central de Araucária pela Rodovia do Xisto (BR-476).

Segundo a Comec, a mudança ocorre sem prejuízo no atendimento, “uma vez que no mesmo trajeto trafegam as linhas H11-ARAUCÁRIA/PINHEIRINHO e H12-ARAUCÁRIA/PORTÃO. A troca entre linhas também pode ocorrer no terminal Angélica, ponto comum entre a H01 e H12, sem o pagamento de nova tarifa”.

Aos domingos o atendimento se dará pela linha H97-ANGÉLICA/GUADALUPE.

Confira aqui o mapa indicando as mudanças no itinerário.

Os horários também foram ajustados e encontram-se disponíveis no site da Comec.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta