Ônibus do BRT Rio é vandalizado no corredor Transoeste

Ao desembarcar do veículo, grupou quebrou os vidros com pedras. Foto: Divulgação / BRT Rio.

Passageiros alcoolizados forçaram as portas do articulado para deixá-las abertas

JESSICA MARQUES

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio do BRT Rio, informou que um ônibus articulado da linha 12 (Pingo D’água x Alvorada Expresso) foi vandalizado no corredor Transoeste, na noite de sábado, 15 de janeiro de 2022.

Na ocasião, passageiros alcoolizados forçaram as portas do articulado para deixá-las abertas. Com isso, o motorista parou o veículo e desceu, na altura do Recreio Shopping, até que o grupo saísse do ônibus.

Entretanto, ao desembarcar do articulado, eles atiraram pedras e quebraram os vidros.

Segundo a Prefeitura, o ônibus articulado foi retirado de operação e levado para a garagem.

“O transbordo dos passageiros foi realizado para outro veículo que fazia a mesma linha. Atos criminosos como esse geram prejuízos mensais de cerca de R$ 50 mil só com reposição de vidros. Vandalismo é crime e afeta diretamente o trabalhador que precisa se deslocar de BRT”, ressaltou a administração municipal, em nota.

MOTORISTA TERIA ABANDONADO ÔNIBUS

Nas redes sociais, circulou um vídeo mostrando que o motorista deste ônibus articulado teria se estressado e abandonado o veículo. O ocorrido teria sido após o grupo tentar manter as portas abertas.

“O motorista abandonou o ônibus porque o pessoal não estava deixando fechar a porta. Ele desceu do ônibus, pegou outro BRT e a gente ficou aqui, abandonado”, diz o passageiro no vídeo.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
   
Assine
     
Comentários

Comentários

  1. Antonio palacio disse:

    Por que os cariocas tem tanto ódio desse BRT ?

    1. Fabio Almeida disse:

      Só do BRT?

Deixe uma resposta