Queda de viga de monotrilho: Linha 9 Esmeralda normalizada após ter trecho interrompido na manhã desta terça (11)

CPTM diz que acionou ônibus

ADAMO BAZANI

A linha 9 Esmeralda, operada pelo Consórcio Via Mobilidade 8 e 9 e ainda gerida pela CPTM, apresentou dificuldades para o passageiro na manhã desta terça-feira, 11 de janeiro de 2022. Segundo a CPTM, houve uma queda de viga de monotrilho. Não houve feridos.

A circulação de trens entre as estações Berrini e Morumbi chegou a ser interrompida. Por volta de 5h20, a situação começava a se normalizar.

O problema teve início já nos primeiros instantes da operação.

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) diz que acionou ônibus da operação PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência).

Em seus canais oficiais, a empresa fala em “interferência externa”.

O Diário do Transporte entrou em contato com a estatal, que ainda responde pela linha que foi concedida, e explicou que o motivo foi a queda de uma viga de monotrilho da linha 17

Na madrugada desta terça-feira (11), por volta das 03h, uma viga da L17-Ouro caiu ao ser transposta na marginal do Rio Pinheiros. A CPTM interrompeu o trecho entre às estações Berrini e Morumbi, da Linha 9-Esmeralda, para avaliação de possíveis danos. O sistema Paese atendeu aos passageiros no trecho interrompido desde a abertura do sistema.

Os trens voltaram a circular normalmente às 5h18.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Luis disse:

    A CPTM deu as linhas 8 é 9 para a CCR e ficam com este Papinho de quem e o responsável e a CPTM, e só verificar que a operação já está sendo feita por funcionarios da CCR.

    1. diariodotransporte disse:

      Mas tá no texto que a operação é da CCR, no primeiro parágrafo até

Deixe uma resposta