Ribeirão Preto abre licitação para obras remanescentes dos corredores de ônibus nas Avenidas Dom Pedro I e Saudade

Obras iniciaram em janeiro de 2020. Foto: Alexandre Azevedo / Ônibus Brasil

Custo estimado é de R$ 30 milhões; seção de abertura está agendada para o dia 31 de janeiro de 2022

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, cidade com 710 mil habitantes, abriu licitação para execução do remanescente de obra para implantação dos Corredores de transporte coletivo nas Avenidas Dom Pedro I e Saudade, e das ciclovias nas Avenidas Otavio Golfeto e Francisco Maggioni.

O aviso foi publicado no iári Oficial do Estado desta sexta-feira, 24 de dezembro de 2021.

O orçamento estimado é de R$ 30 milhões (R$ 30.382.995,22).

A sessão de abertura dos envelopes está marcada para 31 de janeiro de 2021.

O Edital poderá ser obtido através do site www.ribeiraopreto.sp.gov.br.


CONTRATO RESCINDIDO

Os corredores das avenidas Dom Pedro I e Saudade deveriam ter sido entregues em janeiro de 2021.

Em julho, a prefeitura de Ribeirão Preto informou estava rescindindo o contrato com a empresa responsável pelas obras.

A Coesa Engenharia recebeu prazo desmobilizar o canteiro de obras e para apresentação da medição final dos serviços realizados.

As obras foram iniciadas em janeiro de 2020.

Na época, o prefeito Duarte Nogueira afirmou: “Os corredores Dom Pedro I e Saudade irão beneficiar diretamente cerca de 2,5 milhões de usuários do transporte coletivo em Ribeirão Preto. Com 5,53 e 5,28 quilômetros de extensão, respectivamente, estes serão os maiores corredores da cidade e contemplam, também, ciclovias nas avenidas Luiz Galvão Cezar, Octávio Golfeto e Francisco Maggioni, totalizando 2,92 quilômetros de extensão”.

O corredor da avenida Dom Pedro I será implantado da Av. Fábio Barreto até a praça Amin Calil, Av. Mal Costa e Silva, Av. Capitão Salomão, Av. Dom Pedro I, Av. Luiz Galvão Cezar até a Rotatória Alceu Paiva Arantes.

Já o da avenida Saudade será da Av. Mogiana com a Av. Brasil (Praça Antônio Lopes Balau), Av. Brasil, Av. Saudade até a Avenida Francisco Junqueira, pegando um trecho da rua Fernão Sales entre a avenida Saudade e a rua São Paulo, além da rua São Paulo entre a rua Fernão Sales e a avenida Francisco Junqueira.

Os corredores Dom Pedro I e Saudade fazem parte dos 11 corredores de ônibus que serão implantados em Ribeirão Preto, totalizando 56 quilômetros, e das mais de 30 obras viárias previstas no Programa Ribeirão Mobilidade. Já foram iniciados os corredores das avenidas do Café, Dom Pedro I e Saudade.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta