Moscou inicia teste de serviço MaaS – Mobilidade como Serviço

Assinatura digital permitirá compor modos diferentes de transportes. Foto: Divulgação

Todos os transportes públicos urbanos e táxis estarão disponíveis em uma única assinatura

ALEXANDRE PELEGI

Ter todos os transportes públicos urbanos e táxis disponíveis em uma única assinatura de serviços.

Este é, em resumo, o conceito de MaaS, Mobilidade como Serviço na sigla em inglês, que os passageiros de Moscou, na Rússia, poderão testar a partir de agora.

O Departamento de Transporte de Moscou, em comunicado enviado ao Diário do Transporte, informou que a capital russa vai testar este novo serviço a que deu o nome de MultiTransport.

O teste será feito juntamente com o banco VTB e o aplicativo Yandex Go, e todos os passageiros estão sendo convidados a participar dos testes.

Segundo o comunicado, o MultiTransport é um serviço MaaS inovador, que numa primeira fase permitirá utilizar todos os transportes públicos e táxis. No caso dos táxis, as viagens serão de ou para o metrô mais próximo, as estações do Círculo Central de Moscou (MCC) ou das Estações Diâmetros Centrais de Moscou (MCD).

Tudo funcionará em uma única assinatura nos aplicativos móveis Metro Moscow ou Yandex Go.

O Departamento informa que há planos para incluir o compartilhamento de carros, scooters e aluguel de bicicletas no MultiTransport.

“O MultiTransport será útil para passageiros que usam transporte público, mas às vezes escolhem um táxi. Com uma assinatura, as pessoas poderão economizar até 10% do seu dinheiro em tarifas a cada mês”, disse o vice-prefeito de Transporte de Moscou, Maksim Liksutov.

Ainda segundo Liksutov, a flexibilidade e as taxas favoráveis ​​do serviço também atrairão novos usuários entre os motoristas que mudarão para viagens multimodais. “Isso permitirá uma distribuição mais uniforme dos fluxos de tráfego”, disse.

Para participar do teste, o passageiro precisa de um cartão bancário sem contato ou um smartphone com Apple Pay, Google Pay, detalha o Departamento.

No início do teste existirão três tarifas de 30 dias, que incluem um passe completo para viagens ilimitadas de transporte público e 5, 10 ou 20 corridas de táxi.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta