Marcopolo fecha a maior exportação do ano: 472 ônibus urbanos para a Costa do Marfim, na África

Primeiro lote de 109 veículos já foi embarcado. Envios serão concluídos até julho de 2022

ADAMO BAZANI

A Marcopolo concluiu a negociação da maior exportação de ônibus brasileiros do ano de 2021 da empresa: 472 ônibus urbanos com chassis Scania para a SOTRA – Société des Transports Abidjanais, operadora dos transportes públicos de Abidjan, na Costa do Marfim.

Os primeiros 109 veículos já foram embarcados, de acordo com a fabricante em nota nesta quinta-feira, 09 de dezembro de 2021.

Os 472 ônibus estão divididos entre os modelos Viale BRS, Viale BRS Articulado e Volare que serão entregues em lotes mensais até julho de 2022. Deste total, 50 coletivos são movidos à GNV (Gás Natural Veicular) com tecnologia Euro 6.

As unidades têm chassis Scania e foram adquiridas pela Scania West Africa para posterior fornecimento à empresa de ônibus SOTRA.

Veja a relação:

–  402 ônibus do modelo Viale BRS, com chassi Scania K250 UB, de 13 metros de comprimento e capacidade para 29 passageiros sentados, equipados com duas portas, tomadas USB nos assentos e itinerários eletrônicos;

– 50 unidades do modelo Viale BRS Articulado, com chassi Scania K320UA Euro 6 GNV, de 18 metros de comprimento, três portas, 48 assentos com tomadas USB e itinerários eletrônicos

– 20 micro-ônibus Volare Fly 10 Urbano, com chassi Volkswagen 10.150, nove metros de comprimento, 29 assentos e sistema de ar-condicionado.

SUPORTE:

Para atender às necessidades da companhia de transportes, a Marcopolo diz que vai estabelecer suporte local e apoiar a Scania no serviço e manutenção dos veículos, com assistência técnica e centro de peças de reposição em Abidjan.

Com esse negócio, são mais de mil unidades do modelo Viale rodando nos países da África Ocidental (West Africa).

IMPORTÂNCIA DO MERCADO AFRICANO PARA ÔNIBUS BRASILEIROS:

O coordenador Comercial Mercado Externo para a região do Oriente Médio e África da Marcopolo, Ângelo Luís Corsetti Oselame, disse, por meio da nota, que apenas nos últimos seis anos a empresa já exportou cerca de cinco mil ônibus para mais de 20 países da África e que esta negociação reforça a presença da marca no continente.

“Este negócio demonstra todo o empenho da Marcopolo em desenvolver novos negócios e mercados e reforça a nossa expressiva e crescente presença no continente africano”, salienta

A presença da Marcopolo na África cresceu de forma significativa nos últimos anos.

A empresa diz que em 2018, já havia fornecido 500 ônibus do modelo urbano Torino para o Projeto Avante, Programa de Mobilidade Escolar da Angola, e outras 300 unidades de ônibus BRT para a Nigéria, em parceria com a Scania.

Já no ano de 2019, foram outras unidades de veículos BRT para a Nigéria.

Em 2020, por sua vez, foram mais 440 ônibus para a República Democrática do Congo e 130 urbanos para Angola.

ÔNIBUS A GÁS NATUAL – EURO 6

A Marcopolo fez questão de enfatizar no comunicado à imprensa os ônibus a Gás Natural, que seguem os padrões internacionais de redução de emissões de poluentes atmosféricos Euro 6, com tecnologia da Scania.

O modelo da carroceria é Viale BRS Articulado

A fabricante diz que os veículos, com fonte de combustível alternativa e sustentável, estão alinhados com a estratégia da Marcopolo de colaborar e incentivar novas tecnologias limpas para a preservação ambiental nos principais mercados que atua no mundo.

“Apesar do cenário de pandemia em 2021, as vendas da Marcopolo no continente africano se mantiveram e representam parte importante do resultado da companhia. Além de clientes tradicionais, a empresa também conquistou novos clientes e fortalece ainda mais sua posição como fornecedora de soluções sustentáveis para mobilidade urbana”, finalizou diretor de Operações Internacionais e Comerciais ME, o André Armaganijan, na mesma nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Santiago Rodrigues Souza disse:

    E o mercado interno só compra dianteiro…esse Brasil é uma piada( de mal gosto)

  2. José cestari disse:

    Eu digo sempre: MARCOPOLO É E SEMPRE SERÁ MARCOPOLO

Deixe uma resposta