Comissão da Câmara de Vereadores de Americana questiona Sancetur sobre cumprimento das obrigações trabalhistas

Foto: André Rocha Alves / Ônibus Brasil

Atitude de Comissão de Obras, Serviços Públicos e Atividades Privadas do Legislativo foi motivada por reclamações dos trabalhadores que fizeram greve na quarta-feira (01)

ALEXANDRE PELEGI

A greve realizada pelos trabalhadores da Sancetur em Americana, interior de São Paulo, empresa responsável pelo transporte coletivo do município, levou a Comissão de Obras, Serviços Públicos e Atividades Privadas da Câmara Municipal a questionar a empresa sobre a situação das obrigações trabalhistas de seus funcionários.

A paralisação ocorreu na quarta-feira, 1º de dezembro de 2021.

Em ofício encaminhado à SOU Americana, nome com que opera a empresa na cidade, os vereadores da Comissão ressaltam que uma de suas funções é a fiscalização de empresas contratadas para a prestação de serviços à população.

No documento, os vereadores questionam a veracidade das informações veiculadas pela imprensa local quanto à realocação dos funcionários em outras empresas.

O presidente da comissão, vereador Lucas Leoncine, afirmou que segundo informações veiculadas pela imprensa do município, a paralisação foi motivada pelo inadimplemento da primeira parcela do 13º salário pela Sancetur, bem como a pretensão da empresa de transferir o registro dos trabalhadores para outra empresa sem pagar os 40% de multa sobre o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Além disso, afirmou Leoncine, a empresa teria proposto dividir o acerto das verbas rescisórias em 6 vezes.

Diante dessas informações, ele afirma que “foi necessário o envio do ofício para que sejam tomadas as devidas providências”.

A Comissão de Obras, Serviços Públicos e Atividades Privadas da Câmara de Americana é composta pelos vereadores Lucas Leoncine (PSDB) – presidente, Marschelo Meche (PSL) e Dr. Otto Kinsui (Cidadania).

A Comissão aguarda agora a resposta da Sancetur para decidir quais medidas tomar.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta