Aplicativo de celular já pode ser usado para integração temporal em ônibus de Sorocaba

Sistema é aceito no BRT e nos ônibus do Consor; Passageiro pode pagar os créditos com cartão de crédito ou boleto bancário

ADAMO BAZANI

O aplicativo de celular da Cittamobi já pode ser usado para pagar passagem em Sorocaba, no interior paulista, também nas integrações temporais, da mesma forma que ocorre com os cartões do sistema.

O passageiro, num período de uma hora, pode usar dois ônibus num sentido de viagem, pagando apenas uma tarifa.

Até então, a integração só era possível com os cartões.

Mas atenção, a transferência gratuita entre um ônibus e outro pela integração, ainda só é possível nos veículos do BRT de Sorocaba ou nos coletivos do Consor, o que corresponde a cerca de 65% da frota da cidade. Os ônibus da City Transporte ainda não têm a tecnologia.

Segundo o CEO da CittaMobi, Ricardo Silveira Werneck, a vantagem é que o passageiro além de ter embarque mais prático fazendo uso do celular para pagar a passagem, não vai precisar enfrentar filas ou ter de ir a um local físico para colocar crédito nos cartões.

“É possível carregar a qualquer hora, em casa, no trabalho, num intervalo, em qualquer local comparando os créditos pelo celular” – explicou.

O pagamento pode ser feito por meio de cartão de crédito ou boleto que será gerado na tela do celular e poderá ser quitado por internet bank ou nas agências físicas.

O passageiro deve nas lojas virtuais do celular, instalar gratuitamente o aplicativo Cittamobi. O modo localizador deve estar acionado porque na hora o aplicativo identifica que a pessoa está em Sorocaba.

Após preencher um cadastro e a confirmação for feita pelo e-mail que o aplicativo mandar, já é possível usar.

Para comprar os créditos, o procedimento é:

– Clicar na identificação em roxo da Carteira Digital e escolher a opção da carga

– Escolher a forma de pagamento: cartão de crédito ou boleto. No caso do boleto, os créditos estarão disponíveis no dia seguinte ao pagamento.

Para fazer uso da integração temporal no transporte de Sorocaba ou mesmo um embarque só, é necessário seguir os passos:

– Escolher a opção acessar carteira e pagar por aproximação.

– Digitar a senha (PIN) de quatro dígitos já definida na instalação.

– Se aproximar do equipamento de leitura na catraca do ônibus, terminal ou estação.

No segundo ônibus, basta aproximar o celular do equipamento de leitura.

O passageiro deve estar conectado à internet para fazer o pagamento.

Werneck lembrou também que o sistema de pagamento de celular pode trazer vantagens não apenas para o passageiro, mas para a empresa de ônibus e gestor público.

“A tecnologia dispensa o uso de cartões e seu custo. Além disso, o leitor dispensa o validador, não sendo acoplado a ele. O equipamento de leitura custa em torno de US$ 100, ou seja, 10 vezes menos que um validador comum” – explicou.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta