Jundiaí (SP) apresenta 20 ônibus com ar-condicionado neste sábado (13)

Operação começa na segunda-feira (15); Veículos são seminovos; Articulados que estavam parados na pandemia voltam a prestar serviços

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Jundiaí (SP), no interior paulista, apresentou neste sábado, 13 de novembro de 2021, 20 ônibus com ar-condicionado, entre modelos básico e micro, e ainda anunciou a retomada à circulação mais quatro ônibus articulados que estavam fora de operação desde o início da pandemia de covid-19 em março de 2020.

Estes veículos de maior porte vão operar na nova linha 943, que fará a ligação expressa entre o Terminal Eloy Chaves e o Terminal Central.

Os 20 ônibus são seminovos e foram fabricados em 2019, de modelo 2020.

Segundo a prefeitura, em nota, todos receberam revitalização e contam com acessibilidade para pessoas com deficiência. A frota de ônibus de Jundiaí tem, em média, cinco anos e dois meses.

Os coletivos começam a operar a partir de segunda-feira, 15 de novembro de 2021, e já têm preparação pagamento de tarifa com cartão de crédito e débito.

“Os veículos que chegam para compor a frota trazem mais qualidade para o usuário, que já conta com tecnologia embarcada para o pagamento de suas passagens com cartão de crédito ou débito e quatro câmeras de segurança instaladas em cada veículo”, declarou em nota, o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

“Jundiaí tem lutado para incluir o transporte público na agenda do governo federal, pois é preciso olhar para essa política pública de maneira coordenada – governos federal, estaduais e municipais, pois são milhares de pessoas, todos os dias que se utilizam desses serviços para se deslocar no dia a dia. A Prefeitura de Jundiaí  banca um volume significativo de recursos para pagar o subsídio para o transporte público funcionar e o passageiro pagar uma passagem mais barata. Mas se o governo federal isentar de impostos federais, que são os mais pesados, o óleo diesel, pneus e outros insumos, o preço da passagem pode ser reduzido para o usuário, por exemplo. Estamos trabalhando para melhorar esses serviços em Jundiaí, com maior previsibilidade de tempo para o passageiro fazer sua viagem, conforto e segurança.”

O gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz, recorda que a nova linha 943 integra um teste já alinhado às propostas do Plano de Mobilidade Urbana.

“Com o plano, poderemos pensar em alternativas para fluxo de veículos e em investimentos para a abertura de mais ciclovias e na abertura de mais espaços e estímulos à caminhabilidade, além de outros benefícios”, explicou.

“A longo deste ano, a UGMT também fez a revitalização da cobertura de todos os terminais urbanos de Jundiaí.”

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Donizeti Calil disse:

    Parabéns, sempre é bom, para melhor!!!!
    Mas…..
    É uma vergonha, não ter uma linha que ligue diretamente um terminal com uma rodoviária!!!
    A linha que ligava o terminal central com o terminal rodoviário, foi desativada por causa da pandemia, mas nunca mais voltou, quem depender de precisar ir pra rodoviária, tem que ou ir de carona, ou ir de táxi, ou de Uber.
    Pois das duas linhas que (passam) pelo terminal , são demoradas.
    Quem não conhece a cidade fica sem opção.
    O terminal rodoviário, é a porta de entrada da cidade.

  2. Rose Paes de Barros disse:

    Parabéns… Jundiaí é uma cidade linda… excelente para morar!
    Mas infelizmente deixa muito a desejar no Transporte Público…linhas de ônibus desativadas por conta do Covid,e já poderia voltar ao normal!
    Linhas de ônibus com atraso … ônibus com o banco sem o assento,intervalo de algumas linhas 40 minutos!
    Só quem depende de transporte público na cidade,sabe o quanto está sendo complicado!

  3. Ricardo disse:

    Não adianta ter ônibus bonito com ar condicionado e não ter ônibus circulando, Sr. Luis Fernando visite os terminais em horários de pico. Daí vc vai entender o pq ñ te dei a mão qnd vc estava na frente de casa querendo voto é pq ñ assisti sua palestra na faculdade

  4. Isaias Ferreira Silva disse:

    em quanto isso em guarulhos so pau de ARARA nao e sr. GUTI

  5. João disse:

    Ônibus com ar condicionado e as pessoas andando em pé , em horários de pico super lotados.
    Era melhor resolver isso primeiro do que gastar com ar condicionado.

Deixe uma resposta