Linhas de ônibus de Manaus (AM) operam com desvios neste domingo (24)

Interdições, entre 9h e 15h, ocorrerão para instalação de postes de energia na região. Foto: Reprodução/Google.

Trânsito será alterado na alça superior da Avenida Djalma Batista para manutenção elétrica

JESSICA MARQUES

Neste domingo, 24 de outubro de 2021, a Prefeitura de Manaus (AM), por meio do IMMU (Instituto Municipal de Mobilidade Urbana), fará desvios de trânsito e de linhas de ônibus nas duas alças de retorno da passagem de nível nas Avenidas Djalma Batista e Darcy Vargas, na zona Centro-Sul da capital.

As interdições, segundo a Prefeitura, serão entre 9h e 15h, e ocorrerão para instalação de postes de energia na região.

Um dos retornos da passagem de nível afetado será em frente ao Amazonas Shopping, próximo à passarela de pedestres na avenida Djalma Batista, e outro próximo à Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Amazonas, também na avenida Djalma Batista.

Por conta das interdições, as linhas de ônibus 213 – Augusto Montenegro/Japiim/BR-319 e 123-Santo Agostinho/Jacira Reis/T1/Centro sofrerão alterações.

Em relação à linha 213, no sentido bairro/Centro, segue normal até a avenida Djalma Batista, dobra à direita na avenida Pedro Teixeira e segue na avenida Constantino Nery, avenida Doutor Theomário Pinto da Costa e itinerário normal.

Outra mudança temporária afetará a linha 123, no sentido bairro/ Centro, que seguirá normal até a avenida Doutor Theomário Pinto da Costa, dobrará a direita na avenida Constantino Nery, rua dos Bilhares (ao lado do igarapé dos Bilhares), avenida Djalma Batista e itinerário normal.

“Em relação ao trânsito, o IMMU informa que agentes estarão no local para orientar os condutores quanto às opções de tráfego, e uma alternativa pode ser a avenida Constantino Nery. O órgão destaca que a interdição não afetará o tráfego de veículos na alça inferior da passagem de nível da avenida Djalma Batista com a avenida Darcy Vargas”, detalhou a Prefeitura, em nota.

Jessica marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta