Obras afetam trânsito e operação de trens em Osasco (SP) entre domingo (10) e terça (12)

Operação da Linha 8-Diamante da CPTM será afetada. Foto: Portal Carapicuíba.

No período, será feito o lançamento das vigas de sustentação das lajes do viaduto de acesso ao Conjunto Residencial Miguel Costa, em Quitaúna

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Osasco, na Grande São Paulo, informou que obras vão afetar a operação do transporte coletivo entre domingo (10) e terça-feira, 12 de outubro de 2021, feriado prolongado do Dia de Nossa Senhora de Aparecida.

No período, a Prefeitura fará uma megaoperação para o lançamento das vigas de sustentação das lajes do viaduto de acesso ao Conjunto Residencial Miguel Costa, em Quitaúna.

As alterações serão necessárias porque serão içadas 15 vigas, medindo entre 16 e 36 metros e pesando entre 30 e 65 toneladas cada, em um trabalho que também contará com operação de quatro guindastes, com capacidade individual para até 750 toneladas.

TRÂNSITO E OPERAÇÃO DA CPTM

Devido à complexidade da obra e também pelo fato do viaduto passar sobre a avenida dos Autonomistas e os trilhos da Linha 8-Diamante da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), próximo a quartel do Exército, haverá necessidade de alterações viárias e no sistema de transporte público.

Confira as principais alterações, segundo a CPTM:

A circulação de trens na Linha 8-Diamante da CPTM será interrompida nos próximos dias 10 e 12 de outubro entre as Estações Comandante Sampaio e Carapicuíba durante todo o horário comercial (4h00 à meia-noite), por conta de obras da Prefeitura de Osasco para a construção no viaduto Miguel Costa, que passará sobre via férrea.

Durante o período de interrupção a CPTM acionará o sistema Paese para atender os passageiros que utilizam estas duas estações, além de Gen. Miguel Costa e Quitaúna, que estarão fechadas nestes dois dias.

A distância entre as Estações Comandante Sampaio e Carapicuíba é de 12 quilômetros e o percurso de ônibus deverá ser percorrido em cerca de 25 minutos. No sentido contrário o tempo é de cerca de 30 minutos. O intervalo médio entre os ônibus será sempre de cinco minutos.

Para os passageiros da CPTM que chegarem nas estações Comandante Sampaio e Carapicuíba, será necessário o desembarque e a retirada de senha na área paga. Apenas com a senha será possível embarcar nos ônibus do sistema Paese. Na chegada à estação de destino será necessária a entrega da senha para acessar a área paga e prosseguir viagem sem a necessidade de pagamento de uma nova tarifa. Por isso é fundamental que o passageiro tenha consigo a senha o tempo todo.

Já para os passageiros que utilizam as estações Quitaúna e General Miguel Costa não haverá distribuição de senhas, e o pagamento será feito na entrada da estação de destino.

Confira os endereços de embarque e desembarque dos ônibus do Paese nas estações:
• Estação Comandante Sampaio – Avenida dos Autonomistas, 5.100

• Estação Quitaúna – Avenida Nossa Senhora da Imaculada Conceição, esquina com a Avenida dos Autonomistas – as ruas mais próximas à Estação também serão interditadas pela Prefeitura de Osasco. A CPTM solicitou a disponibilização de veículos para o deslocamento dos passageiros entre esta estação e o ponto de embarque próximo à estação Comandante Sampaio .

• Estação General Miguel Costa – Avenida dos Autonomistas s/n (em frente à Estação)

• Estação Carapicuíba – Av. Governador Mário Covas, s/nº – Carapicuíba (em frente à Estação)
Em todas as quatro estações, colaboradores da CPTM estarão à disposição dos passageiros para o esclarecimento de dúvidas e outras informações.

Para pessoas com mobilidade reduzida que viajarão pela Linha 8-Diamante no sentido Itapevi, entretanto, a recomendação é de que esses passageiros desembarquem na Estação Osasco, onde a Prefeitura de Osasco irá disponibilizar vans do serviço “Servindo”, que farão o transporte até a Estação Carapicuíba. Colaboradores da CPTM estarão à disposição na estação para orientar estes passageiros. No sentido Júlio Prestes, o transporte será o mesmo utilizado pelos demais passageiros.

Vale lembrar que no dia 11 de outubro, segunda-feira, todas as estações da Linha 8-Diamante funcionarão normalmente.

Segundo a Prefeitura, o transporte de passageiros nos horários de funcionamento das estações será feito pelo sistema Paese, com até 32 ônibus e vans do projeto Servindo (para passageiros com mobilidade reduzida) disponibilizados nos períodos de pico e até 20 ônibus e vans nos horários de vale.

Vão atuar na operação cerca de 100 pessoas, incluindo funcionários das secretarias de Habitação, de Trânsito e Mobilidade Urbana e de Segurança e Controle Urbano da Prefeitura, operacionais da construtora FBS, responsável pela obra, e do sistema Paese.

VIADUTO

Segundo a Prefeitura, o viaduto será utilizado diretamente por mais de 4.500 pessoas, que passarão a ter acesso direto às suas moradias no Conjunto Habitacional Miguel Costa.

“Com a obra, o quartel do Exército também passará a contar com um acesso mais regular e a CPTM poderá fechar a passagem em nível, eliminando em definitivo riscos de acidentes”, detalhou a Prefeitura, em nota.

A estimativa é de que 1.150 veículos leves transitarem no local diariamente, além de uma linha urbana de ônibus. A estrutura está dimensionada para suporte veículos pesados de até 60 toneladas.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta