Baldy prevê que Estação João Dias da CPTM seja entregue em outubro

Estações João Dias durante obras no final do mês de agosto. Foto: Divulgação / Secretaria dos Transportes Metropolitanos.

Segundo o secretário dos Transportes Metropolitanos, é esperada a manifestação formal da doação do local para o Estado de São Paulo

WILLIAN MOREIRA

Em entrevista coletiva com a presença do Diário do Transporte nesta quinta-feira, 23 de setembro de 2021, o secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, detalhou o andamento das obras da estação João Dias da Linha 9-Esmeralda.

Segundo o líder da pasta, as obras de encontram em fase final e é esperado pela CPTM, o recebimento formal da estação por meio de uma doação oficial do prédio e espaço para o Estado. Após o procedimento, a entrega será feita, o que está previsto para ocorrer em outubro.

“Nós estamos aguardando a Brookfield que é responsável pela construção, pelo investimento integral da estação João Dias, manifestar formalmente pela doação daquele patrimônio a CPTM, porque será uma doação feita ao Estado”, disse.

A obra civil e toda a construção tem já encontrado nesse momento na etapa final e acreditamos no decorrer do próximo mês em outubro a estação será entregue a população, dependendo apenas dessas formalidades”, afirmou também Baldy.

ESTAÇÃO BRUNO COVAS

Ao ser questionado sobre a Estação Bruno Covas/Mendes-Vila Natal, que ainda funciona parcialmente em operação assistida, Baldy explicou que está sendo executada nova fase da obra até Varginha.

A fase inclui o sistema de sinalização, que, segundo o secretário, é importante para o funcionamento completo do sistema. Contudo, até janeiro a estação já deve ser operada de forma integral, assim como as demais estações do sistema ferroviário.

“Nós estamos executando o segundo trecho daquela obra, a estação Varginha. Continuamente, o empenho da CPTM através do Pedro Moro, da equipe para que a gente possa complementar com o sistema de sinalização que é necessário entre a estação Bruno Covas e Varginha para que essa operação possa passar a ser cada vez mais expansiva, até atendendo a sua integralidade e que até o mês de janeiro acreditarmos que haverá uma evolução constante”, completou o secretário.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta