Socicam é habilitada em concessão de estações e terminais do BRT da Grande Recife

Contrato é de 35 anos e estão previstos mais de R$ 1,5 bilhão em investimentos neste período

ADAMO BAZANI

O governo de Pernambuco publicou nesta quarta-feira, 22 de setembro de 2021, a habitação do Consórcio Nova Mobi Pernambuco na licitação de concessão de estações, terminais e gerenciamento do BRT (Bus Rapid Transit) da Grande Recife.

O Consórcio Nova Mobi Pernambuco é formado pela a “Socicam Administração, Projetos E Representações Ltda – SAP”, como empresa líder, e pela “Socicam Infraestrutura e Participações Ltda- SIP”

A Sociam administra 48 terminais urbanos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Ceará; 29 terminais rodoviários no Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Distrito Federal., Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte; 14 aeroportos em Santa Catarina, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Bahia e Ceará; e três Portos na Bahia e em Manaus.

O contrato do BRT da Grande Recife é de 35 anos, período para o qual devem ser investidos R$ 1,5 bilhão.

O sistema compreende na Região Metropolitana do Recife, 26 terminais integrados de ônibus e 44 estações de BRT que foram os corredores Norte-Sul e Leste-Oeste.

De acordo com a publicação oficial, a contração é em forma de PPP (Parceria Público Privada) e prevê :

– Administração, manutenção, conservação, exploração comercial de áreas e serviços dos terminais e das estações de BRTs, vinculados ao sistema de transporte público de passageiros da região metropolitana do recife – STTP/RMR,

– Obras de requalificação

– Fornecimento de equipamentos e sistemas de tecnologia de informação para monitoramento.

Somente com a requalificação dos terminais de integração e estações do BRT, o contrato prevê investimentos de R$ 113 milhões, dos quais R$ 85 milhões nos primeiros 48 meses.

Será possível vincular aos espaços a construção de empreendimentos imobiliários.

A licitação prossegue com a análise de ofertas e documentos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta