Novos ônibus Caio Apache Vip V da Auto Viação 1001 começam a operar em setembro no RJ

Primeiras unidades já foram entregues. Foto: Divulgação.

Ao todo, empresa comprou 16 ônibus do modelo, com chassi Mercedes-Benz OF-1721 L; todos são equipados com ar-condicionado

JESSICA MARQUES

Os novos ônibus Caio Apache Vip V da Auto Viação 1001 começam a operar em setembro de 2021, no Rio de Janeiro.

A Caio informou nesta quinta-feira, 26 de agosto de 2021, que já entregou as primeiras unidades e confirmou a data de início das operações.

Ao todo, a empresa comprou 16 unidades do modelo, com chassi Mercedes-Benz OF-1721 L. Com mais de 70 anos de atuação, a Auto Viação 1001 faz parte do Grupo JCA, holding brasileira formada por empresas de transporte de passageiros (urbano e rodoviário) logística e de cargas.

A empresa empresa foi um dos primeiros clientes do Rio de Janeiro a confirmar a aquisição da quinta geração do modelo.

Segundo a Caio veículos foram produzidos de acordo com as normas regulamentadoras. Todos são equipados com ar-condicionado.

“A Caio é uma empresa parceira do Grupo JCA e compartilha conosco o propósito de ofertar aos nossos clientes uma melhor experiência quando se trata de deslocamento, mobilidade, segurança, conforto e tecnologia. Além disso, como Grupo estamos sempre atentos à renovação de frota para o aprimoramento dos nossos serviços. Mesmo neste período desafiador que estamos vivendo, com tantas incertezas, estamos reforçando nosso compromisso com os clientes e com a sociedade. O Apache VIP quinta geração é uma resposta a nossas demandas, possibilitando agilidade às viagens e praticidade aos usuários”, afirmou o diretor geral do Grupo JCA, Gustavo Rodrigues, em nota.

DETALHES DO MODELO

Segundo a Caio, os Apache VIP geração cinco foram escolhidos “por agregar um novo conjunto de soluções que aliam o design, o uso de novos materiais e funcionalidades, com itens repensados para oferecer ainda mais durabilidade, facilidade de manutenção e economia“.

Com 12.735 mm de comprimento e lotação total para 83 pessoas, são totalmente acessíveis, equipados com elevadores embutidos na carroceria, que segundo a fabricante são mais seguros e duráveis, além de assentos destinados a pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e idosos.

Os ônibus vêm com sistema multiplex, que auxilia o condutor na identificação de falhas operacionais e elétricas do veículo; e o sistema PNDV (Painel Numérico de Velocidade), que informa caso seja excedido o limite determinado. Câmeras instaladas na parte interna e externa das carrocerias fazem o monitoramento durante todo o período de operação.

“Para maior conforto, o salão interno, mais amplo, possui ar-condicionado, vidros com barreiras aos efeitos solares na cor fumê e poltronas ergonômicas e estofadas com material de fácil limpeza e manutenção. Também conta com tomadas USB, para recarga de dispositivos móveis, que podem ser facilmente acessadas pelos passageiros em todos os assentos. Itinerários eletrônicos em LED foram instalados em diferentes pontos da carroceria, proporcionando melhor visibilidade das linhas”, informou a Caio, em nota.

“O sistema de captação de ar foi posicionado numa localização mais elevada, evitando avarias no motor do veículo em caso de enchentes. Todos os Apache Vip produzidos para o cliente foram preparados para instalação de catraca eletromecânica e validador eletrônico”, detalhou também a fabricante.

Confira as imagens dos ônibus já entregues:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodrigo Zika disse:

    Ainda não entendo porque os daqui de SP não seguem o mesmo do RJ, usar painel eletrônico na frente, SPTrans e suas regras bizarras.

  2. Um detalhe que percebi, não há luzes dimensionais externos como identificador de volume de veiculo, usados à noite,,,nos cantos superiores(dianteiro e traseiro do CAIO V

Deixe uma resposta