Cidade Sol (Grupo Brasileiro) assume linhas da Santana, na Bahia, a partir de 1º de setembro

Santana continuará com Turismo e Fretamento

ADAMO BAZANI

As linhas intermunicipais da empresa Santana Transportes, na Bahia, serão assumidas a partir do próximo dia 1º de setembro de 2021, pela companhia Cidade Sol, do Grupo Brasileiro.

A informação foi confirmada por meio de comunicados emitidos por ambas empresas na última semana.

A partir desta segunda-feira, 16 de agosto de 2021, as companhias de ônibus vão explicar os detalhes da transição aos funcionários.

As operações envolvem as cidades-polo de Feira de Santana, Itacaré, Valença, Santo Amaro e São Félix, com linhas que atendem a aproximadamente 40 municípios.

A Santana Transportes diz que possui 80 anos de atuação e uma frota de em torno de 130 ônibus.

De acordo com o comunicado, o motivo da decisão foi a crise econômica gerada pela pandemia de covid-19.

A Santana continuará operando as atividades de fretamento e turismo, ainda de acordo com documento.

Já a Cidade Sol, do Grupo Brasileiro, disse no comunicado que a operação vai representar um desafio e que possui estrutura já consolidada na capital Salvador e região.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Mintiiiiiiiiiiiiiiiiiiraaaaaaaa.É a falência ética e moral generalizada do Universo que resultou essa mehrdhy@ de pandemia apocalíptica da COVID-19.

  2. Ronald Lima disse:

    O Grupo Brasileiro que pertence ao Deputado Federal Ronaldo Carletto, ja engoliu outras Empresas e logo estará monopolizando o Transporte Interestadual. Nas regiões Sul, Extremo Sul, Baixo Sul, Recôncavo e Feira de Santana dentre outras, eles já operam.

    1. Valnei disse:

      Sendo que não desista dos antigos funcionários, mas para aqueles que pretende ir em busca de uma oportunidade de trabalho

  3. Niel disse:

    Tudo que o governador queria, faz parte dos planos falir as empresas pra esse grupo político comprar, a agerba so fiscaliza os ônibus em quanto os clandestinos fazem o q quer, basta ter um feriado q ele proíbe as empresas de faturar e libera os clandestinos.

  4. Daniela disse:

    Que notícia triste, ao longo da minha vida estabeleci uma relação afetiva com a empresa, uma pena, sorte e sucesso a todos os colaboradores nessa boca empreitada 🙏🏻

  5. antonio disse:

    governo de esquerda e tudo corrupto, com esse fecha e abri orquestrado.

  6. Waldemar Pereira de Freitas Jr. disse:

    A realidade se impõe.. empresas pequenas não sobreviverão..gestão e aporte de recursos.

Deixe uma resposta