Diário no Sul

Agência de Santa Catarina apreende ônibus a serviço da Buser em Tubarão

Veículo fazia irregularmente transporte de passageiros de Criciúma a Florianópolis

ALEXANDRE PELEGI

Um ônibus a serviço da Buser que fazia irregularmente o transporte de passageiros de Criciúma a Florianópolis, em Santa Catarina, foi autuado e recolhido à garagem na manhã dessa quarta-feira, 11 de agosto de 2021.

A equipe de fiscalização de transporte da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina – Aresc autuou o coletivo em Tubarão, onde faria embarque.

O serviço foi interrompido pela falta da devida licença para o serviço de fretamento.

Após ter sido impedido de seguir viagem, os passageiros foram realocados em ônibus regular.

A prática irregular está levando os fiscais a intensificarem as operações para coibir o transporte clandestino.

Gerente de Fiscalização de Transporte da Aresc, Nilton de Sá Júnior, embra que tanto o transporte público regular quanto o privado devem estar com a situação cadastral regularizada junto à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade-SIE.

Sá Júnior informou que uma etapa obrigatória no caso do fretamento é a emissão da licença antes da viagem.

A legislação vigente do estado determina que o serviço fretado colaborativo de ônibus consiste basicamente em fechar grupos de pessoas com interesse comum em uma determinada viagem, mas que apenas empresas regularizadas devem ser contratadas para o serviço.

O Gerente da Aresc afirma que a Agência vem monitorando o serviço de transporte intermunicipal oferecido pelas plataformas em função de denúncias e decisões judiciais.

Para eventuais reclamações e denúncias a agência reguladora conta com canais de comunicação via 0800 643 26 11 e WhatsApp (48)99151 0276, além do email: ouvidoria@aresc.sc.gov.br.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Vai teimando, aqui é assim, força a barra, passa por cima da lei, grita, esperneia,,,,que dá !

  2. Thiago Netto disse:

    A Buser é uma empresa competente, fiel, preço justo, atende seus clientes com respeito e cordialidade. Depois da 1° experiência, não viajo mais com as empresas concorrentes. Os preços são muito mais caros e muitas vezes não oferecem a mesma qualidade.

    Por que não intensificam a fiscalização nas fronteiras para apreenderem drogas e armas que adentram em nosso país?

    ANTT vai fiscalizar os ônibus que rodam em péssimas condições de uso, (dica, no centro de São Paulo tem muitos) que matam nossos queridos passageiros que não tem condições de pagar uma passagem por um preço justo.

    Se preocupar com a Buser é demais…. Péssimo… Estamos no Brasil, né ?!?!?!

  3. Vilton giglio disse:

    Bom dia
    Precisa fiscalizar onibus de turismo tbm,se há guias de turismo nos onibus,se estão em situações de viajarem na br 116 e 101,motoristas em estado de embriaguês,etc e tal . Sejam imparciais nas fiscaluzações.

  4. Vilton giglio disse:

    Bd.
    Parabéns,é exatamente isso,essas empresas de linha que estão a muitos anos no monopólio são um lixo. Tem empresas com mais de 50 anos e o veiculo é um lixo. Parabéns buser!

  5. VANDERLY VICENTE HILARIO disse:

    Persiguiçao , quando se trata de qualidade e preço para a população. As empresas dos grandes ficam encomendadas e começam a querer prejudicar.

  6. VANDERLY V HILARIO disse:

    Concordo plenamente. Sou cliente buser estou muito satisfeito com os serviços prestados.

Deixe uma resposta