CAF aprova financiamento de US$ 550 milhões para extensão de Vila Prudente – Penha, da Linha 2-Verde do Metrô de SP

Empréstimo vai compor orçamento para expansão da linha 2-verde, de R$ 8,5 bilhões, para a execução das obras, implantação de sistemas e compra de novos trens

ALEXANDRE PELEGI

O Governo do Estado de São Paulo comunicou na tarde dessa terça-feira, 10 de agosto de 2021, o Diretório do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina – aprovou financiamento no valor de US$ 550 milhões (cerca de R$ 2,8 bilhões) para o Metrô de São Paulo.

Os recursos serão utilizados nas obras de ampliação da Linha 2-Verde.

O Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, informou que o empréstimo vai compor o orçamento para a expansão da linha, que totaliza R$ 8,5 bilhões entre a execução das obras, a implantação de sistemas e a compra de novos trens.

“É um investimento exclusivo do Governo do Estado de São Paulo para melhorar a mobilidade e gerar empregos. Esse financiamento possibilita a continuidade desse importante projeto”, afirma Baldy.

Como mostrou o Diário do Transporte, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) autorizou em dezembro de 2020 o Governo João Doria a realizar operações de crédito para o “Projeto do Estado de São Paulo – Expansão da Linha 2 Verde e Aquisição de Material Rodante”. Relembre:

Alesp autoriza Governo de SP a contrair empréstimos internacionais de até R$ 2,56 bilhões para Expansão da Linha 2 Verde e compra de 44 novos trens

O valor autorizado foi de até US$ 599.601.826,91 ou, alternativamente, até R$ 2,56 bilhões, que serão utilizados para a aquisição de 44 novos trens para o Sistema Metroviário, para usos nas Linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha.

O projeto de lei (PL) nº 653, de 2020, foi enviado à Alesp para que o governo estadual pudesse obter recursos externos de financiamento para a compra dos 44 novos trens para o Metrô. Também estava incluído o pedido de captação de recursos externos para pavimentação e estímulo a combustíveis limpos.

No caso específico da Linha 2-Verde, o PL 653/2020 informa: “Devidamente autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo, a Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô deu início à etapa de implantação das obras civis da expansão da Linha 2-Verde, trecho Vila Prudente-Penha, considerado como um projeto prioritário, com extensão de 8,3 km, 8 novas estações (Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva e Penha) e 1 complexo de manutenção e estacionamento de trens (Rapadura) e aquisição de 22 novos trens, que estão orçados o valor total a realizar de R$ 7.147,0 milhões”.

Segundo o Comunicado do Governo do Estado dessa terça-feira (10), “quando pronto, o novo trecho vai trazer inúmeros benefícios ao meio ambiente, aos passageiros de metrô e trem, e principalmente à população da zona leste, com a redistribuição do fluxo das linhas 3-Vermelha e 11-Coral, facilitando a chegada a outras regiões de São Paulo.

Essa ampliação atenderá a mais de 320 mil pessoas/dia e evitará a emissão de milhares de toneladas de CO2 a cada ano, o que equivale à captura de carbono feita por 140 mil árvores ou 45 hectares da Mata Atlântica”.

VÍDEO DAS OBRAS DE EXTENSÃO DA LINHA 2-VERDE (ABRIL 2021)

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta