Grupo JCA detalha entregas de 271 novos ônibus e diz que investimentos são apostas para retomada do setor

Ônibus Busscar da Cometa

Conglomerado destaca tecnologia para prevenir acidentes que detecta obstáculos à frente e freia automaticamente veículo

ADAMO BAZANI

 O Grupo JCA, que reúne empresas como Viação Cometa, 1001, Catarinense e Opção Turismo, detalhou nesta terça-feira, 10 de agosto de 2021, em primeira mão do Diário do Transporte de forma oficial, o cronograma de entregas e operação de 271 ônibus zero quilômetro entre urbanos com carroceria Caio e rodoviários com carroceria Busscar que adquiriu neste ano de 2021.

Segundo o diretor da Unidade de Transporte de Passageiros do Grupo JCA, Anuar Helayel, a aposta é de retomada do setor com o avanço da vacinação contra a covid-19, que deve voltar a movimentar a economia e encorajar a população a viajar.

Investimentos em itens para ampliar a segurança e o conforto dos veículos também devem fazer com o que o passageiro volte.

“Como Grupo, estamos sempre atentos à renovação de frota para o aprimoramento dos nossos serviços. Mesmo neste período desafiador que estamos vivendo, com tantas incertezas, estamos reforçando nosso compromisso com os clientes e com a sociedade. Optamos por investir em ônibus que ampliam não só o conforto, como também a segurança dos passageiros durante as viagens por meio de tecnologias avançadas de segurança. Além disso, nossa frota conta com a telemetria, um sistema que realiza a medição de dados do veículo e os transmite remotamente para uma central de monitoramento das empresas – otimizando nossa gestão e controle da frota -, garantindo qualidade e segurança para nossos clientes”, – disse por meio de nota.

Um dos exemplos, é uma tecnologia de segurança embarcada chamada ADAS (Advanced Driver Assistance Systems), da montadora Scania, uma das fornecedoras dos veículos.

O sistema ADAS utiliza uma câmera instalada no para-brisa e um radar no pára-choque do veículo, que acionam a frenagem de emergência avançada e medem a distância e a velocidade relativa de qualquer veículo na pista, para intervir e evitar acidentes.

Há também um componente que avisa saída de faixa da pista de rolamento, quando o motorista sai de forma involuntária e invade o espaço ao lado, por meio da vibração da poltrona.

O pacote tem também um cruzeiro adaptativo, que auxilia o condutor a manter um intervalo de distância constante em relação ao veículo à frente, por meio do radar localizado no para-choque dianteiro.

“O Grupo JCA é um dos nossos maiores clientes. Estamos participando ativamente nos últimos anos de suas compras e renovações de frota. O que para a Scania é motivo de muito orgulho. Sabemos o quanto eles são exigentes em termos de qualidade, robustez, ergonomia, disponibilidade e, principalmente, economia de combustível, itens em que nossos chassis se diferenciam no mercado. Acreditamos na retomada gradativa do mercado de ônibus rodoviários neste segundo semestre e estaremos sempre ao lado do Grupo JCA”, afirma o gerente de Vendas de Soluções de Mobilidade da Scania no Brasil, Celso Mendonça

“Para a Busscar, empresa que retoma a produção de ônibus rodoviários no Brasil e exterior, a escolha do Grupo JCA pelos produtos oferecidos demonstra a confiança que o mercado encontra na empresa, na marca e em seus produtos. A linha de rodoviários é extremamente segura, robusta e confortável, fazendo assim com que o passageiro se sinta bem em suas viagens.”, disse  o diretor comercial da Busscar, Paulo Corso.

EMPRESAS, MODELOS, CRONOGRAMAS

Na nota em primeira mão do Diário do Transporte, o Grupo JCA ainda detalhou a entrega dos modelos e a quantidade por empresa.

– Catarinense (Sul do País)

Na região Sul do país, a Viação Catarinense já recebeu 12 dos 24 novos veículos modelos VisstaBuss DD adquiridos. Os carros possuem dois andares (double-deck) com 68 assentos cada, sendo 16 lugares da categoria semi-leito, localizados no piso inferior, e 52 da categoria executiva no piso superior. As poltronas são extralargas e possuem inclinação e apoio para as pernas e pés, e USB duplo para cada passageiro, garantindo conforto e conectividade em toda viagem. Os veículos são equipados com sanitário, ar-condicionado com controle de intensidade individual, luz de cortesia em todas as poltronas, calefação, câmera de ré e rádio. Já o motorista terá a poltrona com amortecedor pneumático e vibração para o sistema de assistência ADAS e cinto de segurança três pontos integrado. Os carros são da marca Scania, modelo K 440 equipados com o ADAS (Advanced Driver Assistance Systems).

– Cometa (Sul do País)

Ainda no Sul, a Viação Cometa recebeu, na cidade de Curitiba, 20 carros no modelo Cometa El Buss 320L, motor dianteiro e chassi MAN- Volkswagen, voltados para fretamento. Os carros possuem 46 poltronas com USB duplo, apoio de pé, banheiro, calefação, ar-condicionado, porta divisória entre o motorista e os passageiros, amortecedor pneumático e cinto de segurança três pontos integrado.

– Cometa (São Paulo)

Já em São Paulo, a Viação Cometa também recebeu 25 veículos para a nova frota nos modelos Vissta Buss 360L (motor traseiro), nesse caso também equipados com o ADAS (Advanced Driver Assistance Systems). No total a empresa receberá 111 novos ônibus, sendo 70 da Scania e 41 da Volkswagen.

– 1001:

Ainda no Sudeste, porém Rio de Janeiro, a AutoViação 1001 acaba de anunciar, ainda para este mês de agosto a entrada em operação dos 45 novos carros já recebidos, modelo El Buss 320L, chassi Mercedes-Benz, com motor dianteiro e com suspensão pneumática, no transporte intermunicipal, aprimorando ainda mais o atendimento aos clientes da região Sudeste do país. No total a empresa receberá 126 novos ônibus, sendo 65 unidades da marca Scania também equipados com o ADAS – (Advanced Driver Assistance Systems), 45 da Mercedes-Benz com carroceria Busscar modelo 320L e outros 16 com carroceria Caio.

Merece destaque os 16 novos ônibus, carroceria Caio, que fazem parte da nova geração Apache Vip V, lançada recentemente no mercado, que serão destinados a transporte urbano da 1001 no Rio de Janeiro. “A nova geração possui itens que proporcionam 100% de acessibilidade aos passageiros e componentes de tecnologia embarcada, possibilitando agilidade e segurança às viagens, além de conforto e praticidade aos usuários”, detalha a gerente regional de vendas do Rio de Janeiro, Maria Tereza Oliveira Ferreira.

– OPÇÃO:

Também serão entregues oito carros da Mercedes-Benz carroceria Busscar 320L e dois microônibus da Volkswagen carroceria Sênior Marcopolo para a Opção Fretamento & Turismo. Cabe ainda destacar que neste processo de renovação, alguns dos veículos que estavam em operação serão revendidos por meio da Renovebus, empresa especialista na venda de ônibus seminovos e parceira do Grupo JCA.

– PROTOCOLOS SANITÁRIOS:

O Grupo JCA ainda informou alguns dos protocolos sanitários que diz adotar nas viagens das empresas do grupo:

Entre eles, está a desinfecção total dos veículos antes de cada viagem com vaporização interna usando produtos altamente eficazes contra vírus e bactérias, a implementação de dispositivos de álcool gel para uso antes do embarque, além da obrigatoriedade de máscaras de proteção por motoristas e passageiros durante todo o percurso. É recomendado, ainda, a utilização do BPE (bilhete de passagem eletrônico), onde houver essa disponibilidade, para facilitar o embarque sem a necessidade da impressão da passagem e, sempre que possível, dar preferência aos canais digitais para obter informações e/ou comprar passagens – que, inclusive, oferecem preços mais acessíveis comparado aos pontos físicos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Richard Adriani Machado disse:

    nao vai ter mais o DD pra Cometa, 1001 e pra Expresso do Sul? oq aconteceu?

  2. Aguinaldo de Sousa Porto disse:

    Que foto mais esdrúxula, pensei que o ônibus tivesse sofrido um acidente.

  3. Marciano Benedito Polli disse:

    Impressionante de ver ônibus novos chegando mas o salário do pai de família q está atrás do volante é de envergonhar.Assim fica fácil comprar ônibus novos.

  4. Marco disse:

    Se os ônibus fossem elétricos a natureza agradeceria muito mais.

Deixe uma resposta