Supervia tem intervalos maiores novamente por causa de furto de cabos, diz Agetransp

Problema ocorre no ramal Gramacho

ADAMO BAZANI

Passageiros de trens da Supervia enfrentam mais uma vez problemas por causa de furtos de cabos de energia elétrica.

De acordo com a Agestransp, que regula os serviços de transportes no Estado do Rio de Janeiro, a concessionária informou que os intervalos no ramal Gramacho foram ampliados em decorrência de “problemas na sinalização decorrentes de furto de cabos, na altura de São Cristóvão”.

Roubos e furtos de cabos e peças metálicas têm sido frequentes na rede de trens do Rio de Janeiro.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta