Descomplica SP faz cadastramento do Bilhete Único Comum mediante agendamento

Bilhete Único de São Paulo sem CPF cadastrado não pode mais ser recarregado. Foto: Adamo Bazani.

Unidades já começaram a atender aos passageiros, segundo a SPTrans

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Paulo, por meio da SPTrans e da SMIT (Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia), informou que o Descomplica SP está fazendo o cadastro do Bilhete Único Comum.

Para controlar o fluxo de pessoas e evitar aglomerações, o atendimento deverá ser impreterivelmente agendado por meio da Central 156 ou pelo site https://agendadesc.prefeitura.sp.gov.br/agendamento/. Os passageiros já começaram a ser atendidos pelo serviço.

Segundo a Prefeitura, todas as oito unidades do Descomplica SP vão oferecer o serviço e estão localizadas em São Miguel Paulista, Penha, São Mateus (Zona Leste), Campo Limpo, Jabaquara, Capela do Socorro (Zona Sul), Santana (Zona Norte) e Butantã (Zona Oeste). O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 10h às 14h.

Além do atendimento nas unidades do Descomplica SP, o serviço também está disponível no site da SPTrans: www.sptrans.com.br/cadastro. Confira o passo a passo de como solicitar a inclusão do CPF no link https://sptrans.com.br/noticias/evite-filas-cpf-deve-ser-vinculado-ao-bilhete-unico-sem-cadastro-pela-internet/

O Bilhete Único de São Paulo que está sem CPF cadastrado não pode mais ser recarregado. A medida entrou em vigor em 16 de julho de 2021.

Segundo a SPTrans, quem ainda não vinculou o cartão a um CPF pode fazer isso até o dia 31 de agosto, uma vez que, após esta data, estes cartões serão cancelados.

Relembre:

Bilhete Único de São Paulo sem CPF cadastrado não pode mais ser recarregado

COMO SABER SE É PRECISO TROCAR O BILHETE ÚNICO

A SPTrans informou que o usuário do Bilhete Único que ainda tem dúvidas se deve fazer a substituição por um modelo com cadastro, pode consultar a situação do seu cartão de forma rápida pelo site da SPTrans (sptrans.com.br/consultacartao) e verificar se o seu modelo é cadastrado, ou não, sem necessidade de se deslocar até um posto de atendimento.

Confira os detalhes, na íntegra:

Cartões que NÃO precisam ser substituídos

prata.jpeg
Cartão Prata com nome impresso, não precisa ser substituído

Além da consulta online, é possível saber pela identificação do próprio bilhete se é um cartão cadastrado. Os cartões com nome e CPF impressos, os mais antigos, conhecidos popularmente como “mensal”, não precisam ser substituídos porque estes cartões não serão cancelados em 1º de setembro.

Estampas que NÃO precisam de substituição:
– Auditório do Ibirapuera
– Estádio do Pacaembu
– Mercado Municipal
– Theatro Municipal
– Vale do Anhangabaú

Acesse e faça o seu cadastro
Vale lembrar que a partir de 1º de setembro, deixarão de ser aceitos cartões sem cadastro no sistema municipal de transportes. Quem ainda não possui um bilhete personalizado deve solicitar diretamente no site www.sptrans.com.br/cadastro.

Passageiros especiais fazem a solicitação de primeira e segunda vias online
Pessoas que estão solicitando a primeira e segunda vias ou renovação dos cartões do Bilhete Único Especial – Pessoa Idosa ou Pessoa com Deficiência não devem se dirigir aos postos. O atendimento deste público é feito pelo site www.sptrans.com.br/atendimento ou por telefone na Central 156.

Os estudantes podem fazer a sua solicitação pelo site
No caso do Bilhete Único Estudante, é possível fazer as solicitações pelo site https://sptrans.documentodoestudante.com.br/ e receber o cartão em casa, em até 5 dias.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rosaodetecordeiroda Silva disse:

    Gostei do aplicativo explica muito bem parabéns

Deixe uma resposta