Araucária passa a ter três novas empresas de ônibus e um novo TRIAR nesta segunda (26)

Frota total de ônibus será ampliada de 88 veículos para 95 unidades, com mais da metade sendo ônibus zero km

ADAMO BAZANI

A partir desta segunda-feira, 26 de julho de 2021, entra em operação um novo sistema de transportes na cidade de Araucária, na região metropolitana de Curitiba.

As companhias de ônibus serão remuneradas não por passagem, mas por “quilômetro rodado”

As 47 linhas alimentadoras serão operadas por três empresas em diferentes lotes:

– Lote Norte: Empresa Silva e Santos (nome fantasia de Sharp Turismo), com sede em Fazenda Rio Grande (PR) e tem origem na Empresa Pluma (Edital de licitação estipulava R$ 7,48 e empresa ofereceu R$ 6,76);

– Lote Sul: Empesa Francovig, com sede em São José dos Pinhas (PR) e atuação em diferentes cidades (Edital de licitação estipulava R$ 6,97 e empresa ofereceu R$ 6,27);

– Lote Norte-Sul: Empresa Imperial Transportes, com sede em Belo Horizonte (MG) (Edital de licitação estipulava R$ 7,85 e empresa ofereceu R$ 6,81);

Os contratos serão de 10 anos e a atual operadora das linhas locais e a atual operadora, Viação Tindiquera, que recebe R$ 7,48 por quilômetro rodado, não vai mais ser responsável pelas alimentadoras.

Segundo a prefeitura, por meio de nota, neste novo “TRIAR – Transporte Integrado de Araucária,” frota total de ônibus será ampliada de 88 veículos para 95 unidades, com mais da metade sendo ônibus zero km.

O usuário do sistema vai continuar utilizando o cartão TRIAR que já possui.

A demanda, antes da pandemia, era de 50 mil passageiros por dia.

Segundo a prefeitura, em nota, a atual tarifa de R$ 2,20 e as gratuidades permanecem no sistema.

Além da tarifa reduzida de R$ 2,20, permanecerão no Novo TRIAR o sinal de internet grátis nos ônibus e a “Integração ponto a ponto” (que possibilita – com cartão TRIAR – desembarcar e embarcar em uma outra de linha de ônibus do sistema sem precisar pagar nova tarifa e sem ir a um dos terminais). A integração gratuita com as linhas metropolitanas (nos terminais) também continua assim como a tarifa gratuita aos domingos (“tarifa domingueira” – com uso do cartão TRIAR). 

A série de gratuidades (instituídas por lei) também está confirmada. Entre elas, estão incluídos todos os estudantes de escolas públicas do município (da educação infantil ao ensino médio), gratuidade para pais/responsáveis (de estudantes de até 12 anos) que levam as crianças para a aula, isenção para crianças e adolescentes que participam de programas da Secretaria Municipal de Assistência Social, isenção para  participantes de cursos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego e para acompanhante de pessoa com deficiência. 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta