Santa Edwiges e Consórcio Barra do Piraí devem apresentar nova frota em agosto, diz prefeitura

Entrega faz parte de contrato assinado em 2020 com validade de 20 anos

ADAMO BAZANI

Até o dia 30 de agosto de 2021, as empresas Santa Edwiges e Consórcio Barra do Piraí, em Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, devem apresentar 20 novos ônibus com o padrão visual instituído pelo município.

As informações são da prefeitura, por meio de nota, na última sexta-feira, 09 de julho de 2021.

A renovação faz parte, de acordo com o prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, da primeira licitação de transporte público municipal em mais de 17 anos, realizada em maio de 2020.

Um ano depois, os contratos de 20 anos de duração foram assinados.

As empresas que eram contratadas (Santo Antônio, Nossa Senhora Aparecida, Gran Eufrásia e Barra do Piraí) não teriam cumpriram com o regulamento prescrito pelo Poder Executivo, no antigo edital, segundo a nota.

Assim, a administração diz que optou por não renovar a concessão com as antigas concessionárias, em 2018, iniciando um processo de concorrência.

Em nota, Esteves diz que até a definição do novo sistema, a tarifa foi congelada

“Nós congelamos o preço da passagem, em R$ 3,60 – para o município todo, inclusive nos distritos -, até que, depois da licitação, a nova frota pudesse existir. Isso pode ser feito, pois, desde 2017, fizemos todos os estudos no sentido de aprimorar os serviços do transporte público da cidade e favorecer quem verdadeiramente merece: a população”, conta.

O prefeito informou que os veículos terão acesso à internet liberado e o sistema vai oferecer aos passageiros um aplicativo de celular

 “Todos os veículos terão conexão Wi-Fi e poderão ser monitorados por um aplicativo de celular. Assim, será possível que as pessoas saibam a localização do ônibus e quanto tempo vai levar para ele chegar até o ponto”, aponta Mario.

A prefeitura promete ainda mudar o ponto final das linhas para os bairros e não no centro, como é atualmente.

A rodoviária deve ser mudada, sendo retirada do centro.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta