Ribeirão Pires (SP) instala radares em vias mais movimentadas da cidade

Em 2020, acidentes no local resultaram em seis mortes. Foto: Divulgação.

Controle eletrônico de velocidade está sendo instalado nesta semana na Avenida Humberto de Campos

JESSICA MARQUES

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, no ABC Paulista, informou que está instalando radares nas vias mais movimentadas da cidade. A ação é realizada  por meio da Secretaria de Segurança, Mobilidade Urbana e Defesa Civil.

O objetivo é reduzir o número de acidentes de trânsito. Segundo a Prefeitura, somente em 2020, foram registradas seis mortes causadas por acidentes na Avenida Humberto de Campos, uma das mais movimentadas da cidade.

Nesta semana, o controle eletrônico de velocidade está sendo instalado na avenida. Pela via, os condutores não devem passar de 50 km/h.

Os locais que receberão radares são: Avenida Humberto de Campos; Avenida Prefeito Valdírio Prisco; Avenida Francisco Monteiro; e Avenida Kaethe Richers.

Em nota, a Prefeitura informou que todos os pontos estão sinalizados e os detalhes estão disponíveis no site ribeiraopires.sp.gov.br.

A administração municipal reforçou que a escolha das vias foi feita conforme análise técnica e seguindo as diretrizes da legislação atual (Resolução Contran 798/20), por enquanto foi identificada a necessidade de implantação da fiscalização eletrônica em alguns pontos do sistema viário municipal nas seguintes vias: Todos os pontos estão sinalizados e estão disponíveis no site da Prefeitura: ribeiraopires.sp.gov.br, conforme prevê a lei.

“Levamos em consideração dados estatísticos do InfoSiga (Banco de dados de sinistros de trânsito do Estado de São Paulo) para determinar os locais onde os equipamentos se fazem necessários. Desta forma, aliados às nossas campanhas de educação para o trânsito, seguimos enfrentando práticas que colocam em risco a vida de motoristas e pedestres como avançar em sinal vermelho e dirigir acima da velocidade permitida”, explicou o secretário de Segurança, Mobilidade Urbana e Defesa Civil, Coronel Carmo Junior, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Wegriston Teixeira disse:

    Esses petistas disfarçados sempre tem uma desculpa pra ferrar o povo, radar não educa motorista, cadê a grana das multas??
    Obrigado Clóvis Volpi, ainda bem que não votei em você seu petista.

  2. PAULO SERGIO RAMOS FURLAN disse:

    Pra colocar radar aparece o dinheiro agora pra arrumar as ruas que está cheio de buracos , aqui no Bertoldo o mato toma conta , ea iluminação pública o morro do juca quem passa ali a noite sabe a escuridão que está eo.perigo mais radar eo mais importante Volpi eu não votei em vc vc e um incompetente

  3. Luciano disse:

    Realmente quem não tem educação, dificilmente será educado depois de velho ! ( Acima dos 5 anos de idade, vamos dar um desconto )
    Vemos cada burrice no trânsito, tanto motoristas em geral, como principalmente os motoqueiros, não 100% deles , mas a grande maioria são grosseiramente mal educados em todos os sentidos então a única saída é enfiar a mão no bolso do contribuinte !
    E prestar ainda mais atenção !

  4. Alex disse:

    É uma pena que a Prefeitura vá na contramão da vizinha Santo André por exemplo, que retirou todos os radares móveis, essa ação da PMRP é um retrocesso para os munícipes que irão engordar os cofres com a indústria da multa, já maculada e ultrapassada em gestões municipais modernas e sérias.

  5. Marcio Ferreira disse:

    Devia se preocupar em arrumar as vias tão esburacadas como a avenida Indianópolis no Jardim Valentina.

  6. Ribeiro disse:

    E eu que pensei que não iria sentir nenhuma falta do Kiko…

  7. Cicley Porto disse:

    Na minha visão algumas lombadas e boa sinalização já resolveriam o problema de acidentes… Ops esqueci, lombadas não arrecadam dinheiro! Que ignorância a minha, me desculpem órgãos responsáveis 🤦😂😂😂

  8. MARIA L D SILVA disse:

    Bom saber porque evitarei a cidade. No momento minha meta é deixar o ABC e morar em.um local onde se possa circular sem ser multada. Está difícil morar em São Bernardo!

Deixe uma resposta