Petrobrás aumenta de novo óleo diesel, gasolina e gás de cozinha

Reajustes impactam nos custos operacionais dos transportes

Valores já ficam maiores para as distribuidoras nesta terça-feira (06)

ADAMO BAZANI

A partir desta terça-feira, 06 de julho de 2021, os preços do óleo diesel, principal combustível de ônibus e caminhões; da gasolina e do gás de cozinha aumentam para as distribuidoras, refletindo diretamente para o consumidor caseiro, industrial e transportadores de cargas e passageiros.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (05).

O litro do diesel sobe 3,7% e vai, em média, custar R$ 2,81, o que pode refletir em R$ 0,10 nas bombas.

O litro da gasolina terá alta de 6% em seu preço, passando para R$ 2,69, tendo um impacto médio de R$ 0,16.

O gás de cozinha terá preço médio de venda elevado para R$ 3,60 por kg nas refinarias, refletindo um aumento de R$ 0,20 por kg para o consumidor final.

Assim, um botijão de 13 kg deve ficar R$ 2,60 mais caro.

É o oitavo aumento dos combustíveis desde janeiro, e primeiro aumento desses combustíveis na gestão do general Joaquim Silva e Luna, que está à frente da Petrobrás há quase três meses.

“Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais; custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis no caso de gasolina e diesel; custos para envase pelas distribuidoras no caso do GLP; além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores”, diz nota da Petrobrás.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta