Paes prorroga medidas de restrições contra covid-19 no Rio de Janeiro até 12 de julho de 2021

Paes em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (25)

Permanece liberada entrada de ônibus e vans de fretamento; Funcionamento de boates, danceterias e salões de dança continua proibido

ADAMO BAZANI

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, prorrogou até o dia 12 de julho de 2021 as atuais medidas de restrição na cidade contra a covid-19.

A prorrogação foi publicada no Diário Oficial do Município e anunciada por Paes e a equipe de saúde em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, 25 de junho de 2021.

As regras atuais são aplicadas desde o fim de maio.

A decisão ocorreu porque os índices relacionados à contaminação, internações e óbitos não foram reduzidos de forma a dar segurança para mais flexibilizações.

A entrada e circulação de ônibus e vans de fretamento, portanto, continuam permitidas, inclusive para a modalidade eventual e de turismo.

O funcionamento de boates, danceterias e salões de dança continua proibido.

Assim como os decretos anteriores, não é mais mencionado escalonamento de entrada e saída de trabalhadores para não superlotar ônibus, trens e metrô.

Permanece proibida a realização de festas que necessitem de autorização transitória, em áreas públicas e particulares.

Nas academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento e condicionamento físico ficam permitidas as aulas em grupos, com a ocupação dos ambientes limitada a um indivíduo a cada quatro metros quadrados.

Nos bares, lanchonetes, restaurantes, quiosques da orla e congêneres fica permitido o consumo apenas para clientes sentados, com distanciamento mínimo de 1,5 m entre cada conjunto composto por mesa e cadeiras, limitado a oito ocupantes.

As atividades comerciais e de prestação de serviços devem respeitar distanciamento físico e ocupação de até 40% em áreas cobertas e 60% nas abertas.

Veja o decreto:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta