Grupos de usuários de transportes coletivos pedem que Nunes vete PL que torna definitivo uso de faixas e corredores de ônibus por taxistas em São Paulo

Apesar de proibidos, na prática, embarques e desembarques de passageiros de táxis em faixas e corredores acabam ocorrem em algumas ocasiões nos corredores e faixais de ônibus. Foto: Adamo Bazani/Arquivo

Projeto foi aprovado nesta quarta-feira (09) pela Câmara Municipal e segue para análise do prefeito

ADAMO BAZANI

Grupos de usuários de transportes coletivos organizaram nesta quinta-feira, 10 de junho de 2021, nas redes sociais, um movimento pedindo que o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, vete o PL (Projeto de Lei) 0415/2019 que libera de maneira definitiva a circulação de táxis em faixas e corredores de ônibus da cidade.

Até agora, a permissão é prevista apenas em portaria, que pode ser revogada a qualquer momento se a prefeitura quiser.

Um dos perfis no Twitter se chama Mobi.Sampa, que se apresenta como “uma reunião de usuários de transportes, entidades e militantes pelas causas da mobilidade urbana com objetivo de atuar em rede no CMTT (Conselho Municipal de Transporte e Trânsito) em São Paulo.

A  @prefsp precisa vetar esta aberração aprovada na  @camarasaopaulo ! Corredor de Ônibus é para o transporte coletivo, mais sustentável e eficiente que o transporte individual O PL viola o Plano Diretor de SP e Lei Federal da Mobilidade! #VetaPL415 @CETSP_ – diz uma postagem

Como mostrou o Diário do Transporte, o projeto foi aprovado em segunda votação pela Câmara Municipal de São Paulo nesta quarta-feira (09) e segue para análise de Nunes que pode vetar ou sancionar o PL.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/06/09/camara-aprova-projeto-de-lei-que-garante-que-taxistas-usem-corredores-e-faixas-de-onibus-na-capital-paulista-de-forma-definitiva/

O autor do projeto é o vereador Adilson Amadeu (DEM), que tem como taxistas a maior fatia de sua base eleitoral.

Ao Diário do Transporte, o especialista em mobilidade do Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), Rafael Calabria, classifica como “erro tremendo” os táxis nos espaços para os ônibus.

“A liberação de taxi nos corredores é um erro tremendo que vem sendo criticado há anos. Piora a qualidade o transporte na cidade e aumenta seus custos, por gerar congestionamentos nos corredores. O engessamento do erro em Lei torna muito mais difícil estudar os impactos e reavaliar a medida. Uma Lei não deveria entrar nesse nível de detalhe de operação, ainda mais de forma errada” – disse.

Já o vereador Adilson Amadeu, por sua vez, defendeu que o PL traz mais segurança jurídica ao assunto.

“Com essa importante aprovação, concedemos maior segurança jurídica ao tema, uma vez que a autorização atualmente ocorre por meio de decreto, instrumento que pode ser revogado a qualquer momento pela administração municipal, como ocorreu no passado, mas sendo restabelecida posteriormente. No total, são mais de 600 quilômetros de uso dessas vias exclusivas que trarão um enorme ganho de tempo ao taxista, mas principalmente aos milhares de usuários do serviço de táxi na capital paulista”, justifica Amadeu, de acordo com nota da assessoria de imprensa.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. As justificativas deste vereador não tem senso, é inexplicável, ele não enxerga que nossa cidade viabiliza inclusive energia limpa, e o fundamental, que é a coletividade, a maioria das pessoas, e não o individualismo,,,Por que ele não ressalta que é pro bem dos amigos dele, taxistas?? Ele deve, talvez, ter esquecido que foi um office-boy, trabalhador que tomava onibus lotado, aux. de escritorio talvez, e apagou seu passado,,,é mesmo amnésia corrosiva

    1. LUIS CARLOS DA SILVA disse:

      Não sou taxista e nem faço uso desse serviço,uso meu carro. Mas em que os coitados dos taxistas já sofrido por esses App é agora vem vc com esse mi mi mi…tenha Santa paciência…vc deve ser motorista de uber.

    2. LUIS CARLOS DA SILVA disse:

      Esse grupo de usuários não são usuários coisa nenhuma,os táxis nada muda o corredor. Parabéns veriador.

    3. DANIEL ALVES MARQUES disse:

      Ptralha ou motorista de app, certeza… não uso táxi, sempre usei transporte coletivo, e os táxis sempre estiveram nós corredores e faixas exclusiva… porém quem nunca teve uma emergência hospitalar ou de atraso no trabalho que precisou recorrer a um táxi??? Agora esses alienados que vivem de ongs ou de bolsas, só abrem a boca para falar bosta

  2. JUSCELINO JOSÉ TEIXEIRA disse:

    Normal o taxista usar os corredores e faixas, eles são transportes públicos tbm .

  3. Marcelo de Sousa silva disse:

    Que diferença faz ninguém respeita a facha de ônibus em São Paulo

  4. DANIEL MARQUES disse:

    Desde que surgiram os corredores e faixas de ônibus em São Paulo, os táxis tiveram autorização a trafegar nós mesmos…esse grupo de desocupados, com certeza está sendo financiado por app interessados….

  5. Fernando Monteiro do nascimento disse:

    É ridículo esse discurso! Sou táxista a 15 anos ando nós corredores de ônibus nunca tive problema com os motoristas de ônibus, nossa categoria taxista somos profissionais respeitando as leis. Diferente do que se vê por aí anda nas ruas de sp vcs verá os carros de apps no meio da rua com pista alerta ligado, carro na contra mão e por aí vai. Deixa nos taxista em paz só queremos busca o nosso sustento para nossas famílias mais nada. Nós últimos anos se gerou um zoião na nossa profissão só Jesus na causa.

Deixe uma resposta para JUSCELINO JOSÉ TEIXEIRA Cancelar resposta