Terminal Vila Luzita, em Santo André, volta a operar normalmente neste sábado após ter de ser fechado na sexta por causa de ataque de criminosos a ônibus da Cometa

Operações estão normais neste sábado (5) até o momento

Bando incendiou veículo de fretamento e depredou três urbanos

ADAMO BAZANI

O terminal de ônibus Vila Luzita, em Santo André, voltou a operar normalmente na manhã deste sábado, 05 de junho de 2021.

O Diário do Transporte procurou a Suzantur, empresa que atende ao local, e segundo o responsável operacional, Wagner Militani, as linhas operam sem restrições desde os primeiros horários.

Na noite desta sexta-feira (04), o funcionamento teve de ser interrompido por questões de segurança.

Criminosos colocaram fogo em um ônibus de fretamento da Viação Cometa e depredaram três coletivos do sistema urbano municipal sendo dois da empresa Suzantur (linhas AL129 e AL117) e ETURSA – Empresa de Transporte Urbano Rodoviário de Santo André (linha I05), de acordo com a prefeitura de Santo André.

O bando atacou os coletivos em meio a um protesto contra a morte de um jovem suspostamente pela polícia.

Apesar de o caso não ter nenhuma relação com o transporte, os ônibus foram atacados.

Os passageiros foram prejudicados pelos ataques e, em redes sociais, relatavam dificuldades de voltar para a casa à noite depois de um dia de trabalho.

Logo pela manhã, o Diário do Transporte recebeu mensagens de leitores preocupados se poderiam ir trabalhar.

Devido a questões de segurança, nem todos os motoristas de aplicativo de transportes, como Uber e 99, vão à noite até os bairros atendidos pelos ônibus da Suzantur, em especial nas regiões servida pelas linhas AL (Alimentadoras), que ficam em áreas após o Terminal de Vila Luzita.

Nenhum criminoso responsável pelo ataque foi preso.

O artigo 163 do Código Penal deixa claro que destruir inutilizar ou deteriorar o bem ou serviços de uma união, tanto estado, quanto município é considerado crime contra o patrimônio público. São enquadrados também bens privados a serviço público, que é o caso de ônibus de concessionárias e permissionárias de transporte público.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Valdir Antônio Horácio disse:

    Uma pergunta cande GCM de santo André para fazer segurança terminar de vila Luzita Sr prefeito Paulo serra marqueteiro viaturas da nova deve está guardada pátio

Deixe uma resposta