CPTM aumenta em 15 meses e R$ 6,6 milhões contrato de limpeza de trens das linhas 8 – Diamante e 9 – Esmeralda

Foto: Alexandre Pelegi

Contrato original assinado com a Tejofran em novembro de 2018 no valor de R$ 13,3 milhões venceu em maio deste ano

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM publicou no Diário Oficial do Estado deste sábado, 05 de junho de 2021, um aditamento ao contrato assinado com a Empresa Tejofran relativo à prestação de serviços de limpeza, asseio e conservação dos trens, locomotivas e veículos de serviços nas Linhas 8 – Diamante e 9 – Esmeralda.

O contrato, referente ao Lote 2 de um pacote de três licitações, foi firmado em novembro de 2018, com prazo de 30 meses e valor de R$ 13,3 milhões (R$ 13.269.268,50), portanto com validade até maio deste ano.

O aditivo, de acordo com a publicação, estende o contrato por mais 15 meses, a partir de 11 de maio de 2021, ou seja, até agosto de 2022.

O valor do aditivo é de R$ 6,6 milhões (R$ 6.578.470,41).

A Tejofran assinou na mesma época, dezembro de 2018, dois outros contratos do mesmo teor – limpeza, asseio e conservação dos trens –, relativos às outras cinco linhas da CPTM.

Trata-se dos lotes 1 e 3.

O Lote 1 abrange as Linhas 7 – Rubi e 10 – Turquesa, e tem o valor de R$14.505.691,20.

Já o Lote 3 refere-se às Linhas 11 – Coral, 12 – Safira e 13 – Jade, no valor de R$17.164.860,00.

Com esses três contratos assinados no fim de 2018, a Tejofran fechou aquele ano com R$45 milhões contratados com a Companhia Paulista de Trens.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta