Eletromobilidade

BRT Sorocaba reduz 77% do consumo elétrico com uso de energia solar

Foto: Terminal Vitória Régia, com placas fotovoltaicas (Energia solar)

Uso de placas fotovoltaicas possibilita à operação do sistema de ônibus rápidos economizar até 2.000 MWh por ano

ALEXANDRE PELEGI

A operação do BRT Sorocaba, novo sistema de corredores de ônibus da cidade do interior paulista, faz uso de placas fotovoltaicas para abastecer um Centro de Controle Operacional (CCO), dois terminais, 22 estações e 62 pontos de parada distribuídos pelo município.

O uso de energia limpa possibilita à operação do sistema economizar até 2.000 MWh (Megawatt-hora) por ano, com uma redução de energia em 77%, considerando todos os corredores ora em atuação (Ipanema, Itavuvu e Oeste).

A tecnologia adotada pelo sistema de ônibus operado pelo consórcio formado pelas empresas CS Brasil e MobiBrasil permite o abastecimento total da operação a partir da energia gerada pelos raios solares absorvidos pelas placas fotovoltaicas.

As placas estão localizadas na parte superior das estruturas físicas dos terminais São Bento e Vitória Régia, nos corredores Ipanema e Itavuvu. Além dos terminais, há placas também em todos os pontos de ônibus das regiões Sul, Centro e Leste.

Para os passageiros, além do benefício ambiental, há a possibilidade de fazer a recarga de celulares nos pontos de ônibus. Até a leitura das atualizações fornecidas pelos painéis eletrônicos nas estações é fornecida graças a essa energia.

Somente a frota não faz uso de energia limpa, apesar de possuir tecnologia inovadora para menor emissão de poluentes e ruídos.

Ao final do período de implantação, as placas fotovoltaicas também abastecerão o futuro terminal Nova Manchester, mais 10 novas estações e os 96 pontos de paradas que compõem o sistema e a garagem.

Foto: Instalação de placas fotovoltaicas no Corredor Itavuvu_

O Diretor de Operações da Concessionária BRT Sorocaba, Manoel Ferreira, garante que a visão socioambiental é um pilar fundamental do projeto BRT. “Somos pioneiros no segmento de ônibus ao investir no uso de energia fotovoltaica como fonte alimentadora e o retorno para o sistema têm sido muito positivo. Temos um recurso inesgotável, que é o sol, e ele está à disposição na maioria dos dias. Aproveitamos essa energia, preservamos outros recursos e,  ainda, devolvemos o que geramos para o sistema de energia da cidade. Todos saem ganhando”, explica o executivo.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado neste sábado, 05 de maio de 2021, o sistema BRT informa que segue padrões de sustentabilidade “com a água de reuso para limpeza interna e jardinagem, iluminação em LED que fornece melhor qualidade de iluminação e contribui para redução no consumo de energia elétrica e isolamento térmico nas estações, o que proporciona uma climatização adequada com iluminação e ventilação”.

BRT Sorocaba é uma SPE (Sociedade de Propósito Específico) formada pelas empresas CS Brasil e MobiBrasil responsável pela implantação e operação do novo sistema de transporte coletivo urbano do município. Foto: Alexandre Maciel

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta