Informe publicitário

VMG Aires, de Joinville (SC), desenvolve sistema para filtrar o ar no interior dos ônibus

Sistema FFA Full Fresh Air (patente requerida) é capaz de captar 100% de ar externo

Nova tecnologia é acoplada ao sistema de ar-condicionado e reduz o risco de contaminação pelo coronavírus

Este momento de pandemia acelerou a busca e o desenvolvimento de novas tecnologias para que as empresas e as pessoas se adequem ao novo momento. A refrigeração do ar em ambientes fechados, sem gerar contaminação, é um dos grandes desafios dos especialistas e engenheiros. A fabricante de soluções para climatização para ônibus VMG Aires, de Joinville/SC, criou um produto para circulação efetiva do ar, reduzindo o risco de contaminação pelo coronavírus no interior dos ônibus durantes as viagens.

Chamado de Sistema FFA Full Fresh Air (patente requerida), o sistema é capaz de captar 100% de ar externo, filtrar, climatizar e insuflar no sistema de dutos do ônibus. A nova tecnologia é acoplada ao sistema de ar-condicionado do ônibus, permitindo que a área que capta ar do salão de passageiros seja totalmente fechada, pois a recirculação do ar é responsável por proliferar a contaminação.

Os equipamentos de ar-condicionado convencionais tem uma vazão média de renovação do ar de 25%. Com esta nova tecnologia desenvolvida pela VMG Aires, a renovação do ar chega a 100%, melhorando a IAQ (Qualidade do Ar Interior) que possibilita um fluxo vertical sobre os passageiros com insuflamento de ar puro nas saídas individuais e extração do ar viciado junto ao piso.

Recentemente, a Busscar instalou nos seus veículos, os aparelhos VMG Aires, pois também está em busca de conforto e segurança para os passageiros de ônibus.

Busscar instalou sistema em seus veículos

Rapidamente, o ar fresco é distribuído uniformemente por todo o veículo. Individualmente, cada passageiro tem um microclima com ar fresco e climatizado, sem o uso de nenhum líquido ou produto químico.

No ambiente total, o volume interno de ar, que poderia ter alguma concentração de microrganismos patogênicos, é diluído por ar fresco, colaborando para a redução de contaminação e CO²/VOC.

A utilização do Sistema FFA Full Fresh Air no sistema de ar-condicionado dos ônibus não elimina os cuidados de higienização dos veículos e das pessoas para evitar a COVID-19, como o uso de máscara e higienização das mãos.

Veja no vídeo abaixo uma explicação completa do Sistema FFA Full Fresh Air (patente requerida):

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta