Eletromobilidade

Lion Electric anuncia nova fábrica nos EUA para produzir 20 mil ônibus escolares elétricos

Fabricante já tem 400 ônibus elétricos rodando nos EUA

Local escolhido foi o estado de Illinois, com investimento de US$ 70 milhões. Planta deve ser inaugurada ainda no segundo semestre de 2021

ALEXANDRE PELEGI

A empresa canadense de veículos elétricos Lion Electric Company comunicou no início deste mês de maio de 2021 que definiu o estado de Illinois como local para sua nova fábrica nos Estados Unidos.

Com a promessa de investimento na nova planta de produção de pelo menos US$ 70 milhões, algo como R$ 365 milhões ao câmbio de hoje, a estimativa da fabricante é criar cerca de 750 empregos nos próximos três anos.

Conhecida por seus ônibus escolares amarelos, a Lion informou que construirá as novas instalações de 84 mil metros quadrados em Joliet, perto de Chicago.

A promessa é de produzir 20.000 ônibus elétricos e caminhões médios e pesados ​​por ano.

A expansão da tradicional fabricante canadense coincide com um ambiente regulatório favorável inaugurado pelo presidente dos EUA, Joe Biden, que lançou um programa de subsídios generosos para a indústria de veículos elétricos.

Além disso, a Lion Electric deve começar a negociar publicamente nas bolsas de valores de Nova York e Toronto após a fusão com a empresa de aquisição de propósito específico Northern Genesis Acquisition Corp (NGA), concretizada em novembro de 2020.

A fusão foi aprovada pelos acionistas da NGA em reunião extraordinária realizada em 23 de abril de 2021.

O negócio foi avaliado em US$ 1,9 bilhão, e a Lion recebeu quase US$ 500 milhões líquido, algo como R$ 2,6 bilhões. A maior parte desses recursos a empresa planeja investir em tecnologia de bateria e na nova fábrica nos Estados Unidos.

No comunicado à imprensa, a Lion Electric comunicou ainda que espera que nova planta entre em operação no segundo semestre de 2022.

Para o presidente-executivo da Lion, Marc Bedard, embora a fábrica de Illinois se concentre inicialmente na fabricação de veículos, a empresa pode mais tarde adicionar a produção de baterias. A Lion está construindo uma unidade de produção de baterias no Canadá.

A expansão da empresa nos Estados Unidos se dá diante de uma demanda crescente entre distritos escolares e empresas para mudar a matriz do transporte para o elétrico.

Quase 400 ônibus escolares elétricos da Lion já operam hoje e a Amazon.com Inc. adiantou que comprará até 2.500 caminhões da Lion até 2025.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta