Paralisação do Metrô de Recife. Operações só em horários de pico

Linhas de ônibus receberam reforço de frota; Metroviários querem vacina contra a covid-19

ADAMO BAZANI

Passageiros do Metrô de Recife precisam estar atentos nesta quinta-feira, 20 de maio de 2021.

Por causa de uma paralisação dos metroviários da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), que querem ser vacinados contra a covid-19, a operação ocorre apenas em horários de pico.

Por meio de nota, a CBTU ainda informa que a linha operada por trens a diesel não vai funcionar o dia todo.

A CBTU Recife informa que amanhã, 20, o sistema estará em esquema especial devido à paralisação dos metroviários de Pernambuco, aprovada em assembleia realizada na segunda-feira, 17. A paralisação pleiteia a vacinação da categoria para a Covid-19. O Metrô do Recife terá operação nos horários de pico, das 05h às 09h e das 16h às 20h. A Linha Diesel não terá operação durante todo o dia 20. A CBTU esclarece que o Consórcio Grande Recife foi informado para que a demanda fora dos horários de pico seja atendida.

ÔNIBUS:

Passageiros contam com reforço dos serviços de ônibus para compensar a falta de trens, das 9h às 16h e a partir de 20h.

Vão ser criadas as linhas especiais linhas Jaboatão/Barro e Camaragibe/TIP.

Já a linha 115 – TI Aeroporto/TI Afogados vai ser prolongada apenas nesta faixa de horário até o Terminal Cais de Santa Rita e em viagens intercaladas.

As linhas que receberão frota maior são:

023 – TI Tancredo Neves/TI Aeroporto

024 – TI TAncredo Neves (Circular Boa Viagem)

026 – TI Aeroporto/TI Joana Bezerra

115 – TI Aeroporto/TI Afogados

139 – TI Cabo/TI Cajueiro Seco

140 – TI Cajueiro Seco/Shopping Recife

166 – TI Cajueiro Seco (Rua do Sol)

168 – TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista)

181 – Cabo (COHAB)

183 – Pte. dos Carvalhos/TI Cajueiro Seco

185 – TI Cabo

200 – Jaboatão (Parador)

207 – Barro/Macaxeira (BR-101)

216 – TI Barro/TI Cajueiro Seco

2450 – TI Camaragibe (Conde da Boa Vista)

2480 – TI Camaragibe/Derby

2490 – TI Camaragibe/TI Macaxeira

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta