Transportadores escolares de Santo André (SP) entregam 1.900 cestas básicas em ação solidária

Profissionais foram selecionados por meio de edital de chamamento. Foto: Helber Aggio/PSA.

Profissionais estão recebendo da Prefeitura pagamento proporcional à quantidade de kits entregues

JESSICA MARQUES

Em uma ação solidária, os transportadores escolares de Santo André, no ABC Paulista, já realizaram a entrega de 1.900 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade, causada pela pandemia de covid-19.

Os itens que estão sendo distribuídos foram arrecadados na campanha Santo André Solidária, iniciativa do Fundo Social de Solidariedade.

Os profissionais foram selecionados pela Prefeitura por meio de edital e estão sendo remunerados pela entrega dos kits de alimentação. O pagamento é proporcional à quantidade de cestas entregues, sendo que o valor pode chegar a até R$ 1 mil.

Para desempenhar a função, os profissionais precisam obrigatoriamente ser cadastrados na cidade, ou seja, atuar como permissionários autorizados pela SATrans.

Relembre:

Prefeitura de Santo André (SP) vai remunerar transportadores escolares que entregarem cestas básicas na cidade

Em nota, a Prefeitura informou que a entrega dos kits de alimentação pelos transportadores escolares é uma parceria do Fundo Social de Solidariedade com a SATrans, Secretaria de Mobilidade Urbana e Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, e visa atender a população em vulnerabilidade econômica causada pela pandemia, além de dar suporte financeiro a esta categoria de profissionais também impactada nos últimos meses.

A campanha Santo André Solidária arrecadou até o momento mais de 300 toneladas de alimentos, além de 40 mil itens como cobertores, roupas, agasalhos e brinquedos doados pela população.

A cidade de Santo André tem 416 permissionários autônomos no transporte escolar, além de dez condutores de escolas particulares.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. ALENCAR Batista dos Santos disse:

    Eu preciso de uma cesta básica da prefeitura pois estou desempregado faz 4 anos e faço bico de olhar carro no cemitério de camilopolis

Deixe uma resposta