Transportadores escolares de Santo André (SP) entregam 1.900 cestas básicas em ação solidária

Profissionais foram selecionados por meio de edital de chamamento. Foto: Helber Aggio/PSA.

Profissionais estão recebendo da Prefeitura pagamento proporcional à quantidade de kits entregues

JESSICA MARQUES

Em uma ação solidária, os transportadores escolares de Santo André, no ABC Paulista, já realizaram a entrega de 1.900 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade, causada pela pandemia de covid-19.

Os itens que estão sendo distribuídos foram arrecadados na campanha Santo André Solidária, iniciativa do Fundo Social de Solidariedade.

Os profissionais foram selecionados pela Prefeitura por meio de edital e estão sendo remunerados pela entrega dos kits de alimentação. O pagamento é proporcional à quantidade de cestas entregues, sendo que o valor pode chegar a até R$ 1 mil.

Para desempenhar a função, os profissionais precisam obrigatoriamente ser cadastrados na cidade, ou seja, atuar como permissionários autorizados pela SATrans.

Relembre:

Prefeitura de Santo André (SP) vai remunerar transportadores escolares que entregarem cestas básicas na cidade

Em nota, a Prefeitura informou que a entrega dos kits de alimentação pelos transportadores escolares é uma parceria do Fundo Social de Solidariedade com a SATrans, Secretaria de Mobilidade Urbana e Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, e visa atender a população em vulnerabilidade econômica causada pela pandemia, além de dar suporte financeiro a esta categoria de profissionais também impactada nos últimos meses.

A campanha Santo André Solidária arrecadou até o momento mais de 300 toneladas de alimentos, além de 40 mil itens como cobertores, roupas, agasalhos e brinquedos doados pela população.

A cidade de Santo André tem 416 permissionários autônomos no transporte escolar, além de dez condutores de escolas particulares.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. ALENCAR Batista dos Santos disse:

    Eu preciso de uma cesta básica da prefeitura pois estou desempregado faz 4 anos e faço bico de olhar carro no cemitério de camilopolis

  2. Marcia Francotti de Oliveira disse:

    Não terá mais entrega cesta básica santo André, meu esposo está afastado do serviço tratamentos médico remédio caro, meu filho especial está a esperando juíz liberar loas desde novembro sem receber, já vai fazer três meses meu esposo está afastado do serviço, recebeu INSS foi pago conta atrasado devido quando ficou acamado se não ficaria nome sujo como muito estão, aguardo resposta bom.dia obrigado.

  3. Márcia Francotti de Oliveira disse:

    Preciso cesta básica meu esposo tratamento da covid, meu filho especial está loas bloqueado, quando tenho reciclagem troco moeda verde, será que ainda estão entregando cesta básica aguardo resposta.

    1. diariodotransporte disse:

      Precisa entrar em contato com a prefeitura
      Somos um site que não têm ligação com eles

Deixe uma resposta