Governo Doria promete para 2022 viabilizar projeto do Trem Intercidades e concluir segundo trecho do VLT da Baixada

Metas para 2020 incluem interligar a Linha 13 aos Terminais do Aeroporto de Guarulhos e executar mais 30% da extensão da linha até o Centro

Estas são algumas das metas e prioridades que constam do projeto de LDO-2022 enviado pelo governador para a Alesp, que inclui ainda avanços nas linhas 6 e 17 e modernizações e expansões na CPTM

ALEXANDRE PELEGI

O governador João Doria encaminhou para a Assembleia Legislativa (Alesp) nessa sexta-feira, 3 de abril de 2021, o Projeto de Lei nº 265 que dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2022.

Essa medida é uma exigência legal, prevista tanto na Constituição do Estado quanto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

A proposta de LDO compreende as metas e prioridades da administração pública estadual, e trata de temas como a alteração da legislação tributária, a política de aplicação dos recursos pelas agências financeiras oficiais de fomento, a gestão da dívida pública e a captação de recursos por órgãos da administração estadual.

A LDO enviada por Doria traz ainda as metas e prioridades da administração pública estadual para o ano 2022, último da gestão atual.

Essas metas e prioridades estão relacionadas aos nove objetivos estratégicos do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023.

Como mostrou o Diário do Transporte, o governador João Doria sancionou o PPA, que prevê uma série de investimentos para o Estado em diversas áreas, no dia 09 de abril deste ano. Relembre:

ESPECIAL: PPA prevê R$ 58 bilhões para transportes metropolitanos com mais redes de trilhos e BRTs em São Paulo até 2023

Na proposta de LDO para 2022 enviada à Alesp, nas metas e prioridades relativas a “qualidade de vida urbana, com moradia adequada e mobilidade”, relacionado ao quarto objetivo estratégico do PPA, estão dispostas as intenções do governo para a área de transportes.

São doze itens, que incluem viabilizar a PPP do Trem Intercidades (TIC) São Paulo-Campinas e construir o Trecho Conselheiro Nébias – Valongo do VLT da Baixada Santista, dentre outros.

No caso do Trem Intercidades, o governo tem afirmado que a expectativa é que o leilão ocorra no início de 2022, mas há uma condicionante: a implantação do projeto do TIC depende da renovação antecipada do contrato de concessão da MRS, que opera o transporte de cargas na malha ferroviária federal.

Já no caso do VLT da Baixada, como informou o Diário do Transporte, em 24 de setembro de 2020 o governador João Doria assinou a ordem de serviço para o início das obras.

Veja os demais itens como publicado no anexo da proposta enviada à Alesp:

 

Íntegra do PL enviado à Alesp:


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. emanoelrodrigeus@871g.com disse:

    Parabéns,mas Tecnologia, + desenvolvimento,+ menos carro nas estradas+ proteção na Natureza,+ empregos, todos ganhando, energia limpa

  2. emanoelrodrigeus@871g.com disse:

    PRESERVADO os asfalto das Capital,e das cidades.
    O progresso vira com as ferrovias, assim também com agricultura.
    Preservado a Natureza,
    Precisa ser bem DIVULGADO este empreendimento.

    Vamos comemorar os 200 Anos da Independência do Brasil 2022,

  3. Michell disse:

    Ele prometeu tanta coisa pra 2020, agora vai lá vê se ele compriu alguma ‘-‘

  4. Carlos disse:

    Realmente não sei que acontece com uma das maiores cidade do estado de São Paulo, Guarulhos. Um dos piores transportes existente, não temos transporte de massa, existe um trem que, pra população de Guarulhos não serve pra nada, só foi gasto os impostos pra uma obra obsoleta.
    A população merece um pouco mais de respeito pelos órgãos de mobilidades urbana do estado.

  5. Francisco Jose disse:

    Mais uma vez São Bernardo é esquecida!!! Vão tentar nos enganar com o ultrapassado e ineficiente VLT.

  6. Ney Cardin disse:

    Mentiroso sem vergonha, a verdade é que se tratando de política a gente tá quase sempre votando no menos pior, anúncio pra já fazer campanha pra 2022…prometeu um projeto pequeno de duplicação do viaduto da curva do s na Praia Grande e até hj nem estudo de viabilidade não tem. É por isso que alguns cogitam em votar nos políticos ” rouba mas faz ” !

Deixe uma resposta